Entrevistas


29 Out 2019

Entrevista: ACM Neto de um jeito que você nunca viu

Entrevista: ACM Neto de um jeito que você nunca viu Ontem à tarde, instalado na cabeceira da mesa de seu gabinete, que tem vista de 180 graus para a Baía de Todos os Santos, o prefeito e presidente Nacional do Democratas, ACM Neto, nos recebeu para uma entrevista exclusiva, onde falou principalmente sobre os preparativos para o seu último verão à frente da Prefeitura de Salvador. No próximo, só será prefeito no início. Durante a conversa, ACM Neto também revelou detalhes do atual cenário político e sobre a inauguração do Centro de Convenções, que irá ocorrer em dezembro ou janeiro.
 
 
 Alô Alô Bahia - Prefeito, embora 2020 ainda esteja longe, as eleições estão na boca do povo. Hoje, todos os candidatos mais competitivos são da sua base (Bruno Reis, Leo Prates, Guilherme Bellintani). Como o senhor vê isso?

ACM Neto – Eu acho que essa é a maior demonstração de que a nossa passagem pela prefeitura contribuiu também para formar uma nova geração de políticos competentes, qualificados e reconhecidos em Salvador e na Bahia. Eu sempre tive isso na cabeça, que era preciso mesclar experiência com renovação, mas que a minha passagem tinha de abrir espaço para projeção de novos quadros. Todos os nomes que você citou aí, e nós poderíamos citar outros tantos, foram nomes que tiveram oportunidade de apresentar os seus trabalhos ao longo da nossa gestão e, é claro, contribuíram cada um em sua área, para o sucesso que a cidade teve nos últimos anos. Veja que felizmente, hoje, nós podemos nos dar o luxo de escolher, de ter opções e de fazer uma escolha que seja a mais sensata e que possa garantir a continuidade desse trabalho e, mais do que isso, que a gente possa ter uma perspectiva de futuro, em que diversas políticas públicas que iniciamos em nossa gestão possam ser consolidadas.
 
Alô Alô Bahia - Neste cenário, é possível que tenhamos dois candidatos de ACM Neto, cada um representando uma parte de sua base?

ACM Neto – Não. Eu me comprometi e reafirmo esse compromisso - pretendo em dezembro desse ano apresentar o nome do meu candidato. Quero unificar toda a minha base em torno de um único nome.
 
Alô Alô Bahia- Destes nomes, os seus rivais políticos tentam cooptar Guilherme Bellintani, que foi seu secretário e hoje é presidente do Bahia. Como o senhor vê este movimento? 

ACM Neto – Acho que mais uma vez mostra que os melhores quadros estão no meu campo político, foram projetados a partir da minha administração e foram revelados a partir da passagem nossa pela prefeitura. Para mim, fica muito claro que a passagem do PT no Governo da Bahia, desde 2007 até hoje, não deu a mesma contribuição que nós demos. Eles não tiveram essa mesma capacidade de renovar os quadros, de projetar novos nomes. E aí, hoje, por exemplo, cogita-se a hipótese de buscar um nome que foi forjado na vida pública dentro do nosso campo, dentro da nossa administração, para ser um eventual e possível candidato deles. Isso só reforça ainda mais o acerto que eu tomei no início da minha gestão de dar oportunidade e de revelar novos quadros para a política de Salvador e da Bahia.
 
Alô Alô Bahia- Após as eleições de 2018, o senhor disse que o Democratas trabalharia um candidato à Presidência desde já para 2022. Como está esse processo?

ACM Neto – De fato, nós temos o desejo de trabalhar um projeto próprio nacional em 2022, seja com um dos quadros internos que já atuam no Democratas ou mesmo trazendo nomes novos que tenham condição de ganhar projeção política no país.

Alô Alô Bahia – Um desses nomes poderia ser Luciano Huck?

ACM Neto – Por que não? Eu tenho tido muito cuidado em falar de 2022, porque eu acho que não é hora da gente tratar de 2022. Aliás, eu critico os políticos que se debruçam sobre especulações há cerca de 2022 agora, ou mesmo alguns pretensos pré-candidatos já postos. O país vive uma crise muito séria, o eleitor não quer nem ouvir falar de eleição nesse momento. O eleitor quer ouvir falar de trabalho, de resposta. Não dá para a gente ficar especulando sobre 2022 nesse momento. Mas, no plano da hipótese, eu não posso descartar nenhum nome. Da mesma forma que eu não posso apontar o dedo e dizer que já temos um nome. Pelo contrário, não temos. Não é hora de tratar do assunto, mas também não vou descartar ninguém.
 
Alô Alô Bahia - Este é seu último verão como prefeito de Salvador. No próximo, só será prefeito no início. O verão passado registrou números históricos. O que podemos esperar desse verão de despedida de ACM Neto? E o Carnaval, que também será o seu último como prefeito?
 
ACM Neto – Podemos esperar que seja o melhor verão de todos os tempos e que a gente faça o carnaval dos carnavais. Portanto, também, o melhor carnaval de todos os tempos. A cidade veio se preparando para isso. Os resultados que nós alcançamos no ano passado, de certa forma, já são frutos que estamos colhendo de sementes plantadas lá atrás, a partir de 2013. Quando eu cheguei à Prefeitura, a alta estima da cidade estava comprometida. Nem o soteropolitano falava bem da cidade, quiçá os turistas. Nós então começamos todo um trabalho de restruturação da cidade, de reposicionamento de Salvador. Isso vem associado à requalificação dos espaços públicos, especialmente da orla. Isso vem associado a esse conjunto extraordinário de investimentos que estamos fazendo no Centro Histórico e na Cultura. Isso se soma a entrega do Centro de Convenções, que vai mudar inteiramente o patamar de Salvador, a partir de 2020, como um destino, sobretudo, do turismo de negócios. Isso também se soma a entrega da duplicação do Aeroporto, que não foi uma ação direta da Prefeitura, mas que nós batalhamos muito no governo passado para que houvesse a concessão e que pudéssemos ter um aeroporto à altura de Salvador – e agora teremos. E, a isso se soma, um calendário de eventos que virá bastante recheado de conteúdos.

Alô Alô  Bahia – O senhor pode adiantar algumas atrações que farão parte do Festival Virada Salvador?

ACM Neto - Vocês vão acabar dando um furo em primeira mão. Porque, na verdade, até o momento, nós ainda não falamos da grade. Falaremos após o lançamento, em São Paulo, no próximo dia 06, mas vou adiantar algumas atrações que já estão confirmadas, como, por exemplo, Claudia Leitte, Bell Marques, Ivete Sangalo, Léo Santana, Daniela Mercury, Dennis DJ, Vintage Culture, Alok, Anitta, Jorge e Mateus, Luan Santana, Gusttavo Lima, Wesley Safadão e Aviões do Forró. Nós vamos ter nos cinco dias de festa e atrações para todos os gostos, mesclando um pouco de cada ritmo. A virada desse ano será a maior de todos os tempos.
 
Alô Alô Bahia – Carlinhos Brown esteve recentemente com o senhor. Vem alguma novidade em relação a ele?

ACM Neto – Brown ficou fora do Carnaval no ano passado por escolha dele. Eu disse a ele que a gente faz toda questão da presença dele no Carnaval de 2020. Aí tem dois projetos bacanas sendo pensados: um que eu não posso adiantar, porque é um projeto dele, mas eu posso dizer que é com uma grande atração internacional. E o outro, é que eu pedi para ele pensar numa grande abertura para o Carnaval. Ele saiu desse encontro comigo com esse dever de casa para nos ajudar a bolar algo diferente, inusitado, para a abertura do Carnaval.

Alô Alô Bahia - O Centro de Convenções está próximo de ser inaugurado. O que está sendo articulado pra festa de inauguração? Vai ter atração internacional? Já tem data confirmada?

ACM Neto – Nós estamos em dúvida se vamos fazer a inauguração em dezembro ou em janeiro. O Centro de Convenções vai estar pronto em dezembro. A priori, a data que ele deve ser concluído é dia 12 de dezembro. Então, a partir do dia 12, ele já pode ser inaugurado. Mas, pode ser que eu deixe para janeiro.

E aí existem alguns fatores que estão contribuindo para minha avaliação: um fator é que a empresa que ganhou a concessão é francesa, os executivos internacionais querem participar da inauguração e a gente sabe que final de ano todo mundo tem período de Natal, etc. Segundo: Eu não quero que haja nenhum prejuízo para a montagem e desmontagem do Réveillon.

Sendo assim, nós iremos avaliar a data mais adequada para definir. A ideia é que sejam dois dias de inauguração, um dia patrocinado pela empresa que vai operar o Centro de Convenções, para convidados, e um segundo dia, promovido pela Prefeitura, para toda a população em geral.

Alô Alô Bahia– Partindo agora para a esfera pessoal, como consegue conciliar sua rotina com a criação de suas filhas?

ACM Neto – Essa é a parte que mais me dá mais prazer na vida. Eu diria que a minha grande terapia são minhas duas filhas (Livia e Marcela). Ser pai me realiza. Eu digo a todo mundo que eu não posso pensar em cuidar de três milhões de pessoas que vivem nessa cidade, se eu não der o exemplo cuidando muito bem de duas, que estão de baixo da minha asa. E as meninas são a principal coisa que me traz alegria na vida. Para mim, estar com elas é motivo de uma realização que não tem tamanho. Além disso, eu tenho excelente relação com Lidia, minha ex-esposa, que é uma grande mulher, uma grande mãe. Hoje, nós somos muito amigos. Ela também é uma pessoa que tem uma vida profissional bastante intensa e muito reconhecida, é uma grande médica, e a gente vai sempre se ajudando, sempre compreendendo um ao outro, ajustando as agendas.
 Livia Magalhães, ACM Neto e Marcela Magalhães. 

Alô Alô Bahia – O senhor está solteiro? Pensa em se casar novamente?

ACM Neto – Meu coração está totalmente em paz, eu acho que é a coisa mais importante. Estou solteiro, completamente solteiro. Óbvio que eu tenho planos de constituir novamente família, de casar novamente. Agora, isso tem que ser resultado, tem que ser consequência de uma relação muito madura, de uma decisão que tenha a vocação de ser definitiva. Acredito muito no amor e tenho certeza que vou encontrar um grande amor e que vou seguir a minha vida constituindo família. Não adianta você ter apenas a realização profissional, você também tem que estar realizado na vida pessoal, sempre tive isso muito definido em minha cabeça.  
 
 
Bate-bola
 
Fez se forte para? Para enfrentar as adversidades da vida.

Onde um homem não pode errar?  No mesmo erro pela segunda vez.

Melhor qualidade? Bom coração.

Um delírio? Largar tudo e montar uma pousada em Morro de São Paulo.

Síntese da política? A boa política é o instrumento pelo qual as pessoas vocacionadas podem mudar a vida do próximo, especialmente fazendo pelo coletivo.

Inspiração? Meus pais e minhas filhas.

Em quem confia? Tenho muitos amigos. Amigos verdadeiros, de trinta anos de amizade. Esses amigos fazem muita diferença em minha vida.

Maior adversário? A injustiça.

Sobre o futuro? É obvio que eu pretendo ter um futuro na vida pública. Mas, confesso, que não sou muito de ficar fazendo planos a longo prazo. Único plano que eu me permito fazer nesse momento é concluir bem a Prefeitura e deixar um legado para a cidade.  

ACM Neto por ACM Neto? Uma pessoa que tem alguns defeitos, que tem muitas qualidades. Acho que acima de tudo sou um bom filho, um bom pai, um bom amigo e procuro fazer da melhor maneira possível a minha missão de ser prefeito de Salvador.
 
Foto: Valter Pontes. Siga o insta @sitealoalobahia