13 Aug 2021

PL mira vaga na chapa de ACM Neto e estuda filiação de Zé Ronaldo; leia essa e outras notícias na Alô Alô Política

PL mira vaga na chapa de ACM Neto e estuda filiação de Zé Ronaldo; leia essa e outras notícias na Alô Alô Política

No vácuo 

Comendo pelas beiradas, o PL é mais um partido que está mirando em uma vaga na chapa de ACM Neto na corrida pelo governo do estado. De olho nas eventuais mudanças partidárias, a legenda tem como estratégia se fortalecer e filiar nomes com densidade eleitoral, inclusive alguns deles que possam estar na chapa, como o ex-prefeito de Feira Zé Ronaldo de Carvalho. Na semana passada, inclusive, o presidente do partido na Bahia, José Carlos Araújo, o comandante nacional da legenda, Valdemar Costa Neto e ACM Neto se reuniram em Brasília. Interlocutores contaram à coluna que a conversa foi "muito animadora". 

Avançando

Por falar em ACM Neto, o presidente nacional do Democratas mantém o favoritismo na corrida pela sucessão estadual do ano que vem. Além de liderar as pesquisas com folga, Neto tem tido uma recepção bastante positiva em suas viagens ao interior dentro do seu movimento "Pela Bahia". Diálogo tem sido a marca das caminhadas pelo estado, inclusive com prefeitos que hoje estão no grupo do PT, que não participam dos eventos de Neto, mas fazem questão de procurá-lo para mandar mensagens de apoio. A sinalização é que, no momento certo, pulam do barco petista e passam para o lado do Democratas. abandonar-o-barco

Efeito cloroquina

E a doutora cloroquina, hein? Aparece na frente do galego pernambucano na última pesquisa para governador da Bahia. É bem verdade que ambos têm patamar de voto semelhante ao que tinha o eterno candidato Da Luz (algo em torno de 3%). O fato é que por mais que ande por aí sem máscara e bata continência, o pernambucano é visto com desconfiança pela tropa do capitão. Com essa pesquisa em mãos, a doutora cloroquina vai exigir que o palanque baiano seja dela. A briga promete.

3-por

Holofotes 

As fotos de Duda Nogueira, filha caçula do novo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, tem deixado a turma indócil. Duda tem 24 anos, estudou em colégio britânico e é o que se pode chamar de bom partido. Um empresário baiano, desses mais afoitos, tem acompanhado a bela no Instagram. Inclusive, engatou alguns likes durante a passagem dela por Trancoso, no mês passado. Sonha alto o rapaz. Duda

Novos tempos...

O retorno às aulas provocou uma chuva de críticas feitas por pais de alunos ao governo do estado. Isso devido à estrutura das escolas, que apresentaram uma série de problemas. Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, um pai mostra imagens do Colégio Estadual Manoel Vitorino, em Brotas, com salas deterioradas e cadeiras amontoadas, além de bastante água no chão de algumas dependências da unidade de ensino. 

         ...velhos hábitos


A situação só alimenta as críticas feitas à educação da Bahia. O estado tem números muito negativos na área, como o terceiro pior índice do ensino médio do país, segundo o Ideb, e o maior número de analfabetos do Brasil, conforme o IBGE. Sem contar que, na pandemia, a Bahia foi o único estado a não ofertar atividades online aos alunos, de acordo com pesquisa da FGV. Prato cheio para críticas da oposição. sala-de-aulaConcorrência


Nos corredores da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), se comenta que o deputado estadual Zó (PCdoB) está com a reeleição seriamente ameaçada. O motivo é a candidatura ao Parlamento estadual do ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho (PT). O município do Norte da Bahia deu a Zó mais de 14 mil votos em 2018, mas, com Isaac no páreo, a expectativa é que essa votação seja transferida para o ex-prefeito, uma vez que os dois integram o mesmo grupo político.

concorrencia-direta-indireta

Susto

Na votação do voto impresso, derrubado pela Câmara nesta semana, chamou a atenção o voto favorável à matéria do deputado federal Cacá Leão (PP). Filho do vice-governador João Leão (PP), Cacá é aliado na Bahia do governador Rui Costa (PT), que é crítico do governo Bolsonaro, principal avalista do voto impresso. Os petistas já estão preparando o 'fogo amigo' contra aqueles que votaram a favor da medida. Cacá que se prepare. 

morteiro-amigo

Chuva de críticas

Quem apanhou muito nas redes sociais após a votação foi o deputado federal Igor Kannário (Democratas). O 'Príncipe do Guetto' teve uma atitude inusitada: fez uma enquete no Instagram e disse ter votado a favor do voto impresso com base no resultado - a maioria dos participantes, disse ele, apoiava a matéria. Ele chegou a publicar que votou a favor, mas, diante das críticas, acabou apagando o post. Pegou mal. 

204564

Morde e assopra

Já na votação desta quarta-feira (11), a Câmara dos Deputados rejeitou o chamado "distritão", mas aprovou a volta das coligações partidárias nas eleições proporcionais. O distritão, se aprovado, poderia representar o enfraquecimento dos partidos, segundo argumentam os que são contra a proposta. As coligações, por outro lado, eram consideradas uma das principais disfunções do sistema eleitoral brasileiro e haviam sido banidas para promover um enxugamento do número de partidos. Os deputados derrubaram um, mas ressuscitaram outro. img20210811180407238-768x512

Correria x Wagareza


O marqueteiro que criou o apelido Correria não calculou que Jacques Wagner um dia voltasse a disputar o Palácio de Ondina. Rui cresceu justamente como um contraponto da falta de velocidade do seu antecessor. E isso está muito vivo nas pesquisas qualitativas que o Alô Alô Política teve acesso. Ao invés de antídoto, o Correria virou veneno para o Wagareza.

wagarezaFotos: Divulgação. Siga o insta @aloalopolitica

 

NOTAS RECENTES