Vídeo íntimo de Natália Deodato, do BBB22, vaza e polícia pede medida protetiva

redacao@aloalobahia.com

A Polícia Civil de Minas Gerais pediu à Justiça uma medida protetiva para Natália Deodato, participante do BBB22. Ela teve um vídeo íntimo vazado nas redes sociais na noite de terça-feira (18). Segundo o portal G1, o suspeito é um homem de 39 anos. 

Um procedimento de investigação foi instaurado para apurar os fatos. “A Polícia Civil recebeu a denúncia, ontem (18/1) à noite, na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em BH, e foi instaurado procedimento investigatório para apuração dos fatos”, informa a nota da polícia.

“O suspeito, de 39 anos, é investigado por injúria, mas os trabalhos policiais seguem em andamento para identificar eventuais crimes praticados no âmbito da violência doméstica. A autoridade policial, responsável pela investigação, requereu medida protetiva para a vítima ao Judiciário”, complementa sobre o caso que costuma ser classificado como “pornô de vingança”.

Com a situação, os administradores das redes sociais de Natália se posicionaram. “A equipe já está ciente das mídias que estão sendo compartilhadas e iremos tomar as medidas cabíveis. O compartilhamento desse conteúdo é um desrespeito à participante enquanto mulher e também à família dela”, escreveram.

“Isso é muito sério e nenhuma pessoa deveria passar por essa exposição. Pedimos que denunciem todas as publicações e também perfis que estão compartilhando. Precisamos derrubar esse conteúdo e precisamos da ajuda de vocês”, pediram.

As equipes de outros integrantes do reality show também apoiaram Natália Deodato, como Brunna Gonçalves, Lucas Bissoli, Eslovênia Marques, Bárbara Heck, Laís Caldas, Jessilane Alves e Luciano Estevam.

Foto: Divulgação. Também estamos no Instagram (@sitealoalobahia), Twitter (@Aloalo_Bahia) e Google Notícias.

NOTAS RECENTES