Vai de fake, é?

Para descobrir se uma Vuitton é original ou não, é necessário alguns detalhes, listamos os mais fáceis para os olhos comuns: * Quem puxa aos seus não degenera: Não é porque a pessoa é rica, de família rica, de berço esplêndido e de marido rico que o produto é " made in original". As vezes, a classe média divide em várias parcelas e compra. As vezes, não. O mais importante é perceber que a aparência engana sim. *É só estar atento ao zíperes. Se eles ficarem " enroscando" é um mau sinal. Nas verdadeiras, eles deslizam com facilidade e suavamente. * Metal não descasca sob nenhuma hipótese... a não ser que seja uma fake, né? * Existem réplicas muito bem feitas e pessoas de condição que aproveitam dessa deixa e jogam algumas no closet, empinam malas no quarto e circulam por aí cheias de monogramas. Ostentação demais é over e entrega um pouco, não sendo você banqueiro, dono de big indústria, construtor ou minerador. * Logomarca sempre é impecável. As vezes a marca está correta, mas na tipologia existe alguma falha quase imperceptivel( Nas falsas, é claro). Qualquer coisa, puxe a lupa! * Repare nos detalhes. As Vuitons originais não saem da fábrica com defeitos. Por tanto, fios soltos e outras falhas são sinais estranhos... * Alças são bem clarinhas e vão escurecendo com o tempo dando a impressão de um couro no tom caramelo. Nas cópias, ou elas são claras forever ou são escuras eternamente. No mais, invista se puder, compre se quiser, arrase se a vida quiser assim, mas se não for o seu caso ou se tiver outras preferências, não se arrisque na imitação. Vai que aquela sua amiga bem bacana, bem chique e bem descolada chega de viagem, de preferência de um cruzeiro pelo mediterrâneo, derrama toda a verdade e te exclui da vida jet-set para sempre. Melhor não arriscar , né mesmo? Uma loucura essa society...rsrsrs.

NOTAS RECENTES