24 Mar 2021

Vacinado contra a Covid-19, Paulo Coelho critica Bolsonaro e usa de ironia: 'Great day'

Vacinado contra a Covid-19, Paulo Coelho critica Bolsonaro e usa de ironia: 'Great day'
O escritor Paulo Coelho, 73 anos, usou de bom humor e fina ironia, mas também de acidez contra o governo de Jair Bolsonaro, ao revelar o momento em que recebeu uma das doses da vacina contra a Covid-19, nesta quarta-feira (24).

A parte do humor e finesse ficou para o Instagram: na foto em que aparece recebendo a injeção no braço, usou a legenda "Great day", numa referência a uma frase de Bolsonaro supostamente usada para atacar o baiano Jean Wyllys, quando este decidiu deixar o país por causa de ameaças.

Paulo é um crítico ferrenho do atual presidente, oposição que ficou ainda mais clara durante a pandemia, que faz do Brasil o segundo em número de mortes no mundo: acaba de ultrapassar a marca de 300 mil vítimas da doença. 

O teor da frase ("Grande dia" em português) passou batido pela maioria dos seus leitores estrangeiros, que se dedicaram parabenizar o escritor, autor de clássicos mundiais como "O Alquimista" e "O Diário de Um Mago".

No Twitter, o imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL), que vive com a esposa em Genebra, na Suíça, foi mais direto nas críticas. Agradeceu aos profissionais brasileiros que estão na linha de frente do tratamento dos doentes e criticou Bolsonaro.

"Que Deus abençoe o pessoal da linha de frente. Os cientistas e profissionais de saúde obrigados a trabalhar até a exaustão por causa de um presidente ignorante. Viva a Ciência!"
 
Foto: Reprodução/Instagram. Siga a gente no Instagram @sitealoalobahia e no Twitter @aloalo_bahia