Secult e Ipac investem R$ 136 mil para proteger patrimônios durante o Carnaval

Com o objetivo de proteger e preservar os bens patrimoniais durante o Carnaval 2020, a Secretaria de Cultura do Estado (Secult-Ba) e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) investirão cerca de R$ 136 mil na colocação de tapumes nas edificações e imóveis históricos que ficam localizados no entorno dos circuitos.
 
O processo para a contratação da empresa que realiza o serviço iniciou em novembro do ano passado e, desde 12 de janeiro deste ano, os tapumes já estão sendo colocados. As edificações contempladas são o Palácio Rio Branco (Centro Histórico), Palácio da Aclamação (Campo Grande), Centro Cultural Casa da Música (Itapuã), Centro Cultural Plataforma (Subúrbio), Palacete das Artes (Graça) e o Cine Teatro (Lauro de Freitas).
 
Além desses patrimônios, o Ipac também disponibilizou recursos e equipe de conservação predial próprios para colocação dos tapumes em outros espaços sob sua administração, dentre eles, o Museu de Arte da Bahia, o Centro Cultural Solar Ferrão, Museu Tempostal e o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica. O processo de retirada dos tapumes começa na quarta-feira de cinzas (26).
 
Foto: Divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia.

NOTAS RECENTES