22 Jun 2021

São Paulo Fashion Week ganha formato de festival em sua 51ª edição

Gabriela Cruz

Gabriela Cruz é jornalista, ilustradora e escreve para o Alô Alô Bahia. 

São Paulo Fashion Week ganha formato de festival em sua 51ª edição
A próxima edição do SPFW começa nesta quarta-feira (23) e segue até o domingo, em versão 100% digital, com partição de 43 marcas de destaque do setor de moda nacional. O SPFW N51 também conta com dez estreias: Anacê, Carol Bassi, Esfér, Igor Dadona, Neith Nyer, Rocio Canvas, Ronaldo Silvestre, Soul Básico, Victor da Justa e Weider Silveiro. Samuel Cirnansck e Wilson Ranieri retornam à programação da semana de moda nesta temporada. 

A partir desta edição, o SPFW acolhe o projeto Sankofa, coletivo de estilistas negros com oito marcas, uma iniciativa da plataforma Pretos na Moda e da startup de inovação social VAMO, com apoio do INMOD (Instituto Nacional de Moda e Design). São elas: as baianas Ateliê Mão de Mãe e Meninos Rei, além de Az Marias, Mile Lab, Naya Violeta, Santa Resistência, Silvério e Ta Estudios.

Com intervenções interativas e live streaming dos desfiles e apresentações, esta temporada marca a abertura do SPFW+ Regeneração, um festival de criatividade, moda, arte, sustentabilidade, inovação, conhecimento e tecnologia, com curadoria de Marcello Dantas e uma programação ativa que se estende por todo o ano. "A experiência do Festival nasce da ideia de provocar um caminho realmente novo de ideias, linguagens e formas de colaborar. É um desafio e ao mesmo tempo uma oportunidade para que os criativos da moda acessem campos de conexão ainda inexplorados", explica Dantas.

A necessidade de buscar formas de operar mais sustentáveis e responsáveis em toda a cadeia de valor da moda é uma realidade. "É hora de definir novos direcionamentos que nos permitam avançar numa agenda de mudanças necessárias e efetivas. O ano de 2020 nos trouxe grandes reflexões e entendemos que é tempo de viver novos começos, de regenerar", afirma Paulo Borges, diretor Criativo do SPFW.

O Festival SPFW+ Regeneração será palco de quatro encontros criativos entre estilistas convidados em colaboração com nomes destacados de áreas diversas como consciência, alimento, coletividade e racialidade. São eles: Ronaldo Fraga e Neka Mena Barreto, Fernanda Yamamoto e Comunidade Yuba, Luiz Cláudio e Djamila Ribeiro, Oskar Metsavaht e Sidarta Ribeiro. O processo criativo a partir desses momentos resultará em instalações artísticas que ocuparão a cidade de São Paulo em novembro durante a temporada SPFW N52. 

Mentorias - O Festival SPFW+ Regeneração vai identificar núcleos criativos diversos e sustentáveis em todo o país. Serão escolhidos até 50 projetos para uma jornada imersiva com mentorias e encontros exclusivos. "O objetivo é ir além da criatividade e talento, e se aprofundar nas novas economias para acessar e circular recursos, facilitando o fortalecimento mútuo através da colaboração, cocriação e articulação", explica Graça Cabral, curadora e mentora do projeto. 

As mentorias com os núcleos criativos selecionados têm a expertise do INMOD (Instituto Nacional de Moda e Design), e metodologias e ferramentas da Fluxonomia4D, idealizadas e coordenadas por Lala Deheinzelin, que combinam Futuring e Novas Economias. As inscrições estão abertas de 22 de junho a 16 de julho através do site www.spfw.com.br e as mentorias acontecem de julho a outubro. Esta edição do evento é apresentada pelo Santander.

Foto: Reprodução. Siga a gente no Instagram @sitealoalobahia e no Twitter @aloalo_bahia

NOTAS RECENTES