3 Sep 2021

Salvador é destaque em publicação internacional sobre trânsito

Redação Alô Alô Bahia

redacao@aloalobahia.com

Salvador é destaque em publicação internacional sobre trânsito
Mais uma vez os avanços no trânsito da capital baiana são destaque internacional. Salvador foi citada em uma matéria publicada no site da organização não governamental Global Designing Cities Initiative, mostrando as mudanças promovidas no trânsito da cidade neste ano. A publicação pode ser acessada no endereço https://globaldesigningcities.org/2021/08/26/brazil-speed-reduction/
 
O bairro do Bonfim e a sua famosa igreja são o cenário desta publicação internacional, desta vez não apenas pelas suas qualidades turísticas. O texto mostra como a área de Zona 30 do local conseguiu proporcionar mais segurança e qualidade de vida aos moradores, turistas e transeuntes, em apenas três meses de implantação.
 
A ação, que aumentou o espaço destinado aos pedestres e reduziu a velocidade na via para 30km/h, foi inaugurada em maio deste ano pela Prefeitura de Salvador, através da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), durante a campanha do Maio Amarelo.
 
Segundo pesquisa citada na matéria, feita pela Iniciativa Bloomberg para Segurança Viária, 86% dos entrevistados concordaram que o desenho do tráfego no bairro deveria priorizar os pedestres, já que apenas 41% consideravam as condições de travessia seguras. A pesquisa ainda mostrou que as mudanças no Bonfim – que teve também novas sinalizações verticais e horizontais implantadas – ocasionaram uma redução de 77% no excesso de velocidade dos veículos que trafegam por ali.
 
“Nos últimos anos, Salvador tem investido em ações para tornar o trânsito mais seguro e democrático. Isso mostra que a cidade está no caminho certo e se destaca ao implantar projetos e conceitos, como o Zona 30 e a readequação de velocidade das vias. Continuaremos com ações que visam resguardar vidas no trânsito e promover mais qualidade de vida”, defendeu o superintendente da Transalvador, Marcus Passos.
 
Uma das medidas que a cidade pretende continuar adotando, para promover um trânsito mais humano e respeitoso, é o Zona 30, conceito internacional de engenharia de tráfego, que visa reduzir o número de acidentes e mortes no trânsito. Até o fim de 2021, a Prefeitura de Salvador, através da Transalvador, vai implementar novas áreas de Zona 30.
 
Metas com a ONU – Em maio deste ano, a capital já havia se destacado como uma das cidades do mundo que superaram a meta da Organização das Nações Unidades (ONU), para redução de 50% de mortes no trânsito, na década 2011/2020. Salvador também se tornou a primeira cidade do Brasil a assinar uma carta de compromisso com a ONU, com o objetivo de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito, até 2030.
 
Cidades como Nova Iorque, Bogotá, Londres, Paris e São Paulo estão readequando as velocidades das vias, entendendo que essa é uma das formas mais efetivas de se evitar mortes no trânsito. A velocidade inadequada, ou seja, demasiadamente alta para a via, ou excessiva, acima do limite permitido, são algumas das principais causas de acidentes com gravidade no mundo. Só no primeiro semestre de 2021, mais de 50 pessoas perderam a vida no trânsito da capital baiana.
 
Internacional – A Global Designing Cities Initiative é uma organização não governamental sediada em Nova Iorque, nos Estados Unidos, que reúne arquitetos, designers e urbanistas, para ajudar cidades em todo o mundo a pensar em inovações na mobilidade urbana.
 
A Iniciativa Bloomberg para Segurança Viária trabalha com as principais organizações mundiais de segurança no trânsito, para implementar atividades de segurança e coordenar com atores governamentais e não governamentais do país. Desde 2020, a entidade apoia a Prefeitura de Salvador.
 
Foto: Betto Jr. Siga o insta @sitealoalobahia.

NOTAS RECENTES