Salvador contabiliza mais de 1 milhão de pessoas com vacinação contra Covid-19 incompleta

redacao@aloalobahia.com

De acordo com informações divulgadas pela Secretaria Municipal de Saúde nesta terça-feira (12), a capital baiana contabiliza mais de 1,3 milhão de pessoas com o ciclo vacinal contra Covid-19 incompleto. O quantitativo inclui cerca de 38 mil crianças de 5 a 11 anos que não tomaram a primeira dose e 235 mil cidadãos com idade acima de 5 anos que não foram tomar a segunda dose. Além disso, 669,5 mil indivíduos com idade acima a 12 anos estão com a terceira dose atrasada e 429,4 mil não retornaram aos pontos de vacinação para completar o ciclo vacinal com a quarta dose.

"A vacina não impede que a pessoa contraia o vírus, mas protege bastante contra os casos graves. As pessoas que estiverem com o esquema vacinal incompleto correm mais riscos de internamento em UTI e de evoluir a óbito. Estar vacinado é uma condição essencial para conviver com a doença, visto que a covid-19 não vai desaparecer da noite para o dia. O que precisamos evitar é que as pessoas adoeçam de forma grave", explica Adielma Nizarala, infectologista da SMS.

 
 

NOTAS RECENTES