Prédio de Camboriú balança e cria 'ondas' na piscina em cobertura de R$ 17 milhões; veja vídeo

redacao@aloalobahia.com

As imagens de "ondas" dentro da piscina de uma cobertura avaliada em R$ 17 milhões em Balneário Camboriú, litoral de Santa Catarina, impressionaram muita gente e trouxeram duas informações que pouca gente costuma saber – além de físicos e engenheiros civis: 1. arranha-céus balançam com o vento; 2. a instalação de piscinas nos andares mais altos deve seguir parâmetros próprios, senão causa o fenômeno curioso registrado na ‘Dubai brasileira’.

Esse tipo de movimento de onda é chamado de sloshing, que é a oscilação de um líquido contido em um recipiente que está em movimento, como no caso dos prédios. Como explica reportagem do G1, se o sloshing tiver grande amplitude, pode provocar até mesmo o derramamento da água para fora.



“Se a piscina tem uma forma inadequada, pode acontecer o sloshing. Para corrigir essa situação, é necessário refazer a piscina com as proporções corretas e que evitem o fenômeno”, explica o engenheiro Sergio Eduardo Stolovas Goldman, que atua prestando consultoria para pessoas que desejam instalar piscinas em andares altos e querem minimizar os efeitos da oscilação na água. 

“Todos os prédios possuem oscilações, mas são mais propícios em edifícios mais altos em razão do vento. É bom deixar claro, que o sloshing pode acontecer em prédios em que o projeto foi bem calculado, bem feito. Não é motivo para pânico, isso não quer dizer que o prédio está caindo. É um problema funcional da piscina e que é possível fazer correção”, disse ao G1.

Vídeo viral
O registro do vídeo com as ondas no topo do prédio foi feito pelo empresário Patrick Biazotto, que mostrou a piscina com "ondas" dentro de um triplex no 30º andar. A oscilação registrada na quinta-feira (19) ocorre por conta do vento e o edifício é projetado para o fenômeno.

Biazotto disse que foi até o espaço para negociar o apartamento, localizado na Avenida Atlântica, e publicou as imagens nas redes sociais enquanto fazia uma visita ao imóvel.

Dubai brasileira
Conhecida por seus arranha-céus, Balneário Camboriú tem atualmente seis dos prédios residenciais mais altos da América do Sul, de acordo com ranking internacional do site The Skyscraper Center. 

O atual recordista é o Infinity Coast, que tem em 66 andares e 234 metros de altura. Porém, outro empreendimento pode ultrapassar esse recorde, o das torres do Yachthouse by Pininfarina, com 81 andares. Um projeto que está em fase de análise na prefeitura prevê um prédio ainda mais alto, com 154 andares e 509 metros de altura.

Foto: Reprodução. Siga a gente no Instagram @sitealoalobahia e no Twitter @aloalo_bahia

NOTAS RECENTES