Nova música pop negra de Salvador é tema do primeiro livro do jornalista Marcelo Argôlo

redacao@aloalobahia.com

Com o objetivo de propor reflexões sobre a relação entre comunicação, música e negritude em Salvador, o jornalista e pesquisador musical Marcelo Argôlo lança, no dia 28 de agosto, o livro “Pop Negro SSA: cenas musicais, cultura pop e negritude”. A obra, que sai em formato de e-book, analisa a construção da nova geração de bandas e artistas baianas como uma cena de música pop engajada no ativismo negro.

“Trago algumas reflexões que venho desenvolvendo desde 2019 no Mestrado em Comunicação na UFRB sobre a atual geração de bandas e artistas de Salvador e me pareceu oportuno disponibilizar essas reflexões junto com as entrevistas que são a base da minha dissertação que será defendida agora em setembro. Tenho a minha interpretação sobre o que está sendo discutido ali e publicar essas entrevistas permite que outros entendimentos e novas pesquisas possam surgir”, defende o autor.

Além de apresentar os conceitos que fundamentam o trabalho, o livro traz ainda entrevistas com nomes como Roberto Barreto, guitarrista do BaianaSystem; com a cantora, compositora e produtora musical Larissa Luz; com a cantora e compositora Luedji Luna; com José Macedo, cantor do Afrocidade; e com a banda Àttooxxa, representada pelo produtor musical Rafa Dias, o guitarrista Chibatinha e o cantor Oz.


Foto: Reprodução. Siga a gente no Instagram @sitealoalobahia e no Twitter @aloalo_bahia
 

NOTAS RECENTES