25 Apr 2020

Lírios! Morre o empresário e colecionador Ricardo Brennand

Lírios! Morre o empresário e colecionador Ricardo Brennand Internado na UTI do Real Hospital Português, em Recife, após testar positivo para o novo coronavírus, o empresário e colecionador Ricardo Brennand faleceu neste sábado (25).

O fundador do Instituto Ricardo Brennand, na Várzea, bairro do Recife, tinha 92 anos e deixa oito filhos e a esposa, Gracita Brennand, que também está internada na UTI do Real Hospital Português com a Covid-19.

O Instituto que leva o seu nome é um complexo arquitetônico em estilo medieval, composto por três prédios: Museu Castelo São João, Pinacoteca, Galeria e a Capela Nossa Senhora das Graças, circundados por um vasto parque. Seu acervo inclui objetos históricos e artísticos diversos, abrangendo o período que vai da Baixa Idade Média ao século XXI, além da maior coleção mundial do pintor holandês Frans Post, primeiro paisagista das Américas e primeiro pintor da paisagem brasileira.

Abriga ainda um dos maiores acervos de armas brancas do mundo, com mais de 3 mil peças, entre elas 27 armaduras medievais completas. Em 2017, o Instituto Ricardo Brennad foi eleito como o melhor museu da América do Sul pelo site mundial de viagens TripAdvisor.

O pernambucano também se dedicou ao ramo industrial de cimento, aço, vidro, porcelana e açúcar, entre outros negócios da família Brennand - descentes de imigrantes ingleses que vieram para o Nordeste no século 19.

No final no ano passado, a família Brennand ainda perdeu o artista Francisco Brennand, primo de Ricardo, que morreu depois de ser diagnosticado com um quadro grave de pneumonia.

* Com informações do site Roberta Jungmann.


Foto: Divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia.