Keanu Reeves desembarca no Brasil para compromisso especial e janta com Barrichello, Massa e Whindersson em SP

redacao@aloalobahia.com

Em passagem pelo Brasil para entrevistas de divulgação para o seu documentário sobre a Fórmula 1 para a Disney+, Keanu Reeves juntou uma turma animada no restaurante Beefbar, do qual Felipe Massa é um dos sócios, em São Paulo.

O encontro, nesta terça-feira (18), rendeu bons papos acompanhados de bons vinhos como o espanhol Pintia, da vinícola Veja Sicília, e o chileno Clos Apalta. Rubens Barrichello e Whindersson Nunes também estiveram por lá para prestigiar o astro da franquia ‘Matrix’.
tvJGLX.md.jpg
tvJw74.md.jpg
 
Sobre o documentário

Segundo a "Variety", a produção terá quatro episódios e será focada no diretor Ross Brawn, que comprou a equipe Honda em 2009, a renomeou para Brawn GP e conseguiu vitórias marcantes.

Reeves é conhecido pela paixão por esportes a motor e tem uma coleção de motos em casa. Acredita-se que ele já tenha entrevistado Luca di Montezemolo, ex-presidente da Ferrari, com quem apareceu em fotos.
 
Sobre Keanu Reeves

Keanu Reeves é um ator canadense conhecido por seus aclamados trabalhos no cinema, entre eles Matrix, John Wick e Velocidade Máxima. Ele nasceu em Beirut, mas morou em diversos lugares como Sydney, na Austrália, e Nova Iorque. Mas acabou sendo naturalizado canadense onde viveu a partir dos sete anos de idade. Ele começou a atuar ainda jovem no teatro local participando de algumas peças.

Seu primeiro papel na televisão foi na série Hangin' In em 1984. Depois disso, ele continuou atuando no teatro em peças como Romeu e Julieta e fez pequenas participações em comerciais de TV. Também conquistou alguns papéis em pequenos filmes para televisão.

Mas o trabalho que finalmente colocou Keanu Reeves em destaque foi o filme Ligações Perigosas de 1988, adaptação da obra homônima de Pierre Choderlos de Laclos, onde atuou ao lado de Glenn Close, Michelle Pfeiffer e Uma Thurman. Embora seu papel na produção tenha sido pequeno, Ligações Perigosas ajudou a alavancar a carreira de Reeves.

Durante os anos 1990, sua fama aumentou exponencialmente. Em 1991, Keanu foi escolhido como protagonista junto a River Phoenix no filme Garotos de Programa do diretor Gus Van Sant. O filme foi um enorme sucesso de crítica e Reeves foi extremamente elogiado pela sua atuação e química ao lado de Phoenix.

Em 1994, Keanu Reeves entrou para o elenco de Velocidade Máxima ao lado de Sandra Bullock interpretando o policial Jack Traven. O filme foi um dos maiores sucesso de bilheteria daquele ano, arrecadando mais de 350 milhões de dólares. Em 1997, ele contracenou com Charlize Theron e Al Pacino no suspense psicológico O Advogado do Diabo. Embora não tenha recebido críticas tão positivas, o filme também foi sucesso de bilheteria.

Naquele mesmo ano, Keanu Reeves protagonizaria o maior filme de sua carreira: a mega produção de ficção científica Matrix. Dirigido pelas irmãs Wachowski, Matrix revolucionou o gênero de ficção científica na época e estabeleceu Reeves como uma das maiores estrelas de Hollywood. Keanu também participou das duas sequências lançadas em 2003 e voltará para quarta parte da franquia prevista para estrear em 2021.

Durante os anos 2000, Keanu participou de romances como Alguém Tem que Ceder, com Diane Keaton e Jack Nicholson, e A Casa do Lago, com Sandra Bullock. Ele também protagonizou a adaptação dos quadrinhos da DC Constantine como o personagem homônimo e a produção de ficção científica O Dia que a Terra Parou ao lado de Kathy Bates e Jennifer Conelly.

Em 2014, Keanu foi escolhido para protagonizar o longa de ação John Wick. O filme foi um grande sucesso de bilheteria e rendeu duas sequência em 2017 e outra em 2019 também protagonizadas por Reeves. Uma quarta parte está prevista para estrear em 2022.
 
Fotos: Reprodução/@massafelipe. Siga o insta @sitealoalobahia.
 

NOTAS RECENTES