Jornal antivacina é distribuído no Le Parc, condomínio de alto padrão em Salvador

redacao@aloalobahia.com

Moradores do Le Parc, condomínio de alto padrão localizado na Avenida Paralela, em Salvador, foram surpreendidos com a distribuição de um jornal sem autoria revelada e com um conteúdo que se posiciona contra a vacina da Covid-19, ataca as urnas eletrônicas e chama de "distúrbio mental" qualquer gênero fora do masculino e feminino. As informações são do site Metro1.

O material, chamado de ‘Redpill e Rapadura’, foi colocado na caixa de correio de todos os moradores do condomínio há cerca de 10 dias. Ao todo, o empreendimento conta com 18 torres, cada uma com 18 andares e quatro apartamentos em cada, o que daria uma tiragem média de 1.296 exemplares. 

“Consideramos isso um absurdo, porque, além de ser um material com informações falsas e preconceituosas, também foi uma invasão de privacidade usar nossa caixa de correio para mandar esse tipo de coisa”, afirmou um morador ouvido ao site do Grupo Metrópole. 

jornal-antivacina-le-parc
Reprodução/Metro1

Outro morador conta ainda que o síndico teria sido convocado para divulgar as imagens internas do condomínio e tentar identificar quem distribuiu o material, mas a situação ainda está pendente.

Apesar de o jornal não se posicionar claramente em relação a nenhum candidato, o Metro1 destaca que o conteúdo está relacionado a pautas semelhantes às defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro e seus seguidores: críticas ao voto eletrônico, à vacinação da Covid-19 e defesa apenas dos gêneros biológicos.

Foto: Reprodução/Jornal Correio. Siga a gente no Instagram @sitealoalobahia e no Twitter @aloalo_bahia.

NOTAS RECENTES