Isolamento social reduz poluição ambiental em Salvador

Ao mesmo tempo em que afetou negativamente a vida das pessoas e atingiu em cheio a economia global, o isolamento social necessário para a saúde pública e a contenção da Covid-19 proporcionou benefícios notáveis ao meio ambiente em diversas cidades do país e do mundo, incluindo Salvador. Um dos impactos positivos na capital baiana foi a redução da quantidade de lixo nas praias.
 
De março a julho, a Limpurb retirou 1,7 mil toneladas a menos de resíduos das praias da cidade, em relação ao mesmo período do ano passado (4,8 mil em 2019 contra 3,1 mil este ano). Em junho, a redução foi 44% e, no mês passado, de 38%. 

"Continuamos coletando lixo nas praias, mesmo com o isolamento social, porque há muita sujeira que chega do mar, oriundas de rios e canais, por exemplo. Além disso, tem aquelas pessoas que insistem em desrespeitar o decreto, insistindo em frequentar as praias, gerando resíduos também", diz o presidente da Limpurb, Leonardo Oliveira. 

Foto:divulgação. SIga o insta @sitealoalobahia

NOTAS RECENTES