😷

infectados

😔

mortes

🙂

recuperados

10 Fev 2020

Impedido de ir à própria formatura por causa do cabelo, garoto participa do Oscar 2020

Leonardo Oliveira

Colaborador. 

 

 

 Impedido de ir à própria formatura por causa do cabelo, garoto participa do Oscar 2020 “Parece que o jogo virou mesmo, né?”, seria um meme bem aplicado para o caso do jovem americano, de 18 anos, DeAndre Arnold. Sua história ficou popular nos EUA há pouco menos de um mês quando o garoto foi proibido de participar do baile de formatura do ensino médio da Barbers Hill High School, em Mont Belvieu, no Texas, apenas por causa dos seus cabelos. Negro, Arnold é adepto dos dreads e foi impedido de participar do evento junto aos demais colegas por ferir as normas “de boa conduta” da escola. A atitude da instituição gerou comoção em todo o país, chamando atenção de ninguém menos que a apresentadora Ellen Degeneres, que logo tratou de convida-lo para sua atração na tevê - uma das maiores audiências dos Estados Unidos. Ao compartilhar o seu sonho de ser veterinário, DeAndre recebeu a quantia em doação de US$ 20.000 da cantora Alicia Keys para ajudar nos estudos.
 
Para além do apoio de incontáveis celebreties, nesse domingo (09), o jovem foi convidado pelo diretor Matthew A. Cherry para assistir a cerimônia de premiação do Oscar. Cherry, que concorreu e venceu na categoria ‘Melhor Curta de Animação’ com o filme ‘Hair Love’, ao saber da situação entrou em contato com a família e custeou junto a marca de cosméticos Dove a ida do rapaz ao evento com toda pompa e circunstância. Acompanhado da mãe, DeAndre exibiu seus dreads no tapete vermelho mais visto do mundo junto a equipe do curta-metragem que levou a estatueta para casa. O enredo traz um pai aprendendo a lidar com os belos cabelos crespos da filha, promovendo tolerância e respeito. Tudo a ver com a realidade! Demais, né?
 
Foto: divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia.