‘Italiano de alma baiana’: Cesare La Rocca, fundador do Projeto Axé, morre em Salvador

redacao@aloalobahia.com

Advogado, pedagogo, um dos redatores do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e considerado “padrinho da arte-educação”, o italiano Cesare de Florio La Rocca, fundador do Projeto Axé, morreu em Salvador, nesta quarta-feira (15), aos 83 anos. Ele estava internado no Hospital Santo Antonio, das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). A causa da morte não foi divulgada.

O Projeto Axé é uma referência mundial em reinserção social de crianças, jovens e adolescentes através da arte-educação e existe há 31 anos. O ‘italiano de alma baiana’, como definiu o senador ex-governador e Jaques Wagner, chegou a Salvador em 1990 e montou a sede do Projeto Axé no Centro Histórico de Salvador. Por meio da instituição, dezenas de milhares de crianças e jovens carentes tiveram acesso a ações educativas, artísticas e culturais.

“Fatinha e eu recebemos com tristeza a notícia da morte de Cesare La Rocca, esse italiano de alma baiana, fundador do Projeto Axé, instituição que em 31 anos transformou a vida de mais de 30 mil crianças e jovens. Nossa solidariedade aos familiares, amigos e todo pessoal do Axé!”, comentou Wagner, ao lamentar a perda.

O prefeito Bruno Reis também se manifestou nas redes sociais, lamentando a morte. “Cesare La Rocca foi o italiano mais baiano que conheci. Seu amor por nossa terra é representado por todas as milhares de crianças e jovens atendidas pelo Projeto Axé, ao longo de mais de três décadas. Que Deus conforte toda a família e amigos!”, publicou o gestor no Twitter.

Projeto-Ax-Comenda-Dois-de-Julho-foto-Divulgacao
Cesare já foi representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil e também ajudou na elaboração do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que garante cidadania e direitos para este público. Em 2015, ele Cesare recebeu da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) o título de Cidadão Baiano, concedido pelos relevantes serviços à Bahia.
 
Fotos: Divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia.

NOTAS RECENTES