😷

infectados

😔

mortes

🙂

recuperados

29 Mar 2020

“Fica em casa, Salvador”, pede Isaac Edington, em artigo para o Alô Alô Bahia

“Fica em casa, Salvador”, pede Isaac Edington, em artigo para o Alô Alô Bahia
No dia do aniversário da mais bela capital do Brasil, berço cultural dessa grande nação, em respeito ao esforço de todos aqueles que têm dedicado incontáveis horas de trabalho para combater a pandemia que assola o planeta, fazemos um apelo a todos: FIQUE EM CASA.

No dia hoje, como vem acontecendo ao logo dos anos, desde o início da administração do prefeito ACM Neto, estaríamos iniciando uma série de ações culturais, musicais, esportivas e de lazer, ocupando os espaços públicos com as mais diversas atividades e promovendo a saúde e a qualidade de vida.

Ações e iniciativas que vem contribuindo o para desenvolvimento da indústria criativa, setor importantíssimo para nossa economia, sobretudo fortalecendo o turismo e ao mesmo tempo, dinamizando os espaços públicos da cidade. Atividades que tem feito de Salvador uma cidade vibrante o ano inteiro. Estaríamos também, inaugurando uma série de obras por toda a cidade, dando ordens de serviço para novas obras, anunciando novos investimentos.

Estaríamos nas ruas, correndo, pedalando, dançando, indo ao teatro, às praças, aos parques, aos museus, as quadras e aos campos de futebol. Estaríamos aproveitando uma cidade que desde 2013 vem passando por um processo histórico de transformação, processo esse reconhecido nacional e internacionalmente e que merecia por conta da passagem dos seus 471 anos, celebrar vigorosamente como estava planejado.

Nesse momento, entretanto, também histórico por conta de tudo o que estamos vivendo é hora de ser solidário com a causa.  É hora de cuidar de nossas famílias, cuidar um dos outros, e com uma atenção muito especial com o os mais velhos. Fazendo isso, estaremos cuidando de nossa cidade. Afinal a cidade é feita de pessoas e cuidando bem delas estaremos cuidando conjuntamente da nossa cidade não é mesmo? 

Entretanto, podemos celebrar sim (de casa, é claro), vale bolo, panelaço, gritar, dançar, recitar, orar, faça o que quiser. O importante é que, em breve quando a pandemia passar, aí sim, iremos celebrar a VIDA na melhor, mais bonita, mais charmosa, mais vibrante capital do Brasil, nossa querida Salvador. Fica em casa, Salvador, e parabéns sua linda pelos 471 anos. ( por Isaac Edington ).
 
Foto: divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia.