Festa da Conceição reúne fiéis em missa presencial sem restrição após 2 anos

Com informações do Jornal CORREIO

via Marcos Felipe Soares para Jornal CORREIO. 
 
As celebrações em homenagem a Nossa Senhora da Conceição da Praia, nesta quinta-feira (8), começaram às 5h, como de costume, com a alvorada e uma das várias missas previstas ao longo do dia. Desta vez, porém, nada de restrição de público, ao contrário dos dois anos anteriores, com o decreto da pandemia.

O ponto alto dos festejos é a Solene Celebração Eucarística, presidida pelo Arcebispo de São Salvador da Bahia e Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sergio da Rocha, às 9h. Dom Sergio comemorou o retorno da missa campal. “Nós, aqui, estamos louvando a Deus, agradecendo a Deus, de todo o coração, pela oportunidade de estar novamente celebrando a eucaristia e, logo mais, realizando a procissão da nossa padroeira”, disse.

Para o carioca Aires Escafurra, de 71 anos, foi o momento de retomar a tradição, interrompida após 35 anos, por causa da pandemia. “Eu frequento aqui desde 1984, quando cheguei na Bahia. Foi a primeira festa que eu vim”, relembra o aposentado, acompanhado por seus dois filhos pela primeira vez. “Eu nunca convido; eu digo que venho. E eles se pronunciaram a vir junto”, contou, realizado.

Programação

Com o tema ‘Olha a estrela, invoca Maria, Nossa Senhora da Conceição da Praia, Padroeira da Bahia’, o dia dedicado à Imaculada Conceição da Mãe de Deus ainda vai contar com missas às 12h30, 14h, 15h30 e 17h na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia.

Em seguida, ocorrerá a tradicional procissão com as imagens de Nossa Senhora da Conceição da Praia, Deus Menino, Santa Bárbara, Senhor do Bonfim e São José pelas principais ruas do bairro Comércio, retornando para a basílica, onde acontece a bênção com o Santíssimo Sacramento.
 
Foto: Arisson Marinho/CORREIO. Siga o insta @sitealoalobahia.
 
 
 

NOTAS RECENTES