Felipe Pezzoni, Carlinhos Brown e Margareth Menezes revelam quais são seus restaurantes preferidos em Salvador

redacao@aloalobahia.com

Salvador vive uma das suas melhores fases gastronômicas. As moquecas, o acarajé e o abará fazem parte do imaginário de quem visita a capital, mas a cidade oferece muito além e não se limita ao regional e ao seu DNA, que é, no fim das contas, o da mistura. Hoje, não deixamos em nada a desejar quando o assunto é comida e, por isso, convidamos três artistas, que rodam o mundo levando nossa cultura, a indicar alguns de seus restaurantes favoritos.
M6zhjs.md.jpg
Para Felipe Pezzoni, apaixonado pela gastronomia italiana, “o melhor italiano de Salvador” é o La Pasta Gialla, cuja unidade da Pituba sempre frequenta. “Ele me coloca nesse lugar, me remete muito à Itália”, nos contou. O cantor, que também não dispensa uma boa opção de frutos do mar, indicou ainda o Casa Di Vina como um dos seus queridos na capital baiana, além do Origem, dos chefs Fabrício Lemos e Lisiane Arouca. “Fabrício é um grande gênio que temos aqui e sou muito fã do trabalho dele”, disse.
M6zOG4.md.jpg
Para Carlinhos Brown, foi difícil escolher apenas três lugares preferidos. “Salvador é essa cidade miscigenada de muitos sabores e saberes”, contou. Levando em conta a qualidade dos ambientes, do atendimento e, claro, das delícias oferecidas, o artista nos indicou o Boteco do França, no Rio Vermelho; o Coco Bambu, na Pituba; e o 33 Steakhouse, na Praça Gourmet do Salvador Shopping. Brown ainda aproveitou a oportunidade para nos adiantar uma novidade em forma de indicação: “o restaurante da minha mãe, Dona Madalena, no Candeal, que logo será reinaugurado, trazendo muitas novidades”.
M6ze6l.md.jpg
Margareth Menezes foi outra que elegeu um italiano do coração, no caso o Cremonini Ristorante, na Pituba, do chef Massimo Cremonini. "Um restaurante de primeira linha para quem curte cozinha italo- mediterrânea", analisou. Para quem mora em Patamares, Piatã, Itapuã e adjacências, uma dica boa da cantora é o Armazém Paulistano. "Comida gostosa, cardápio eclético e excelente atendimento", entrega. De uma ponta a outra, Maga ainda se derreteu ao falar da Cantina do Jullius, no Largo de Roma, na cidade baixa. "Inexplicavelmente delicioso", nos falou sobre o carpaccio de polvo.

Leia mais notícias na aba Notas
 
Fotos: Divulgação/ Roncca/ Gustavo Bettini. Siga o insta @sitealoalobahia.
 
 

NOTAS RECENTES