25 Feb 2015

Fátima Mendonça e Jacques Wagner lamentam o falecimento de Zezeu Ribeiro

Fátima Mendonça e Jacques Wagner lamentam o falecimento de Zezeu Ribeiro

Consternado, o ministro da Defesa Jaques Wagner e D. Fátima Mendonça lamentaram o falecimento hoje, do ex-deputado federal e Conselheiro do Tribunal de Contas da Bahia , Zezéu Ribeiro, considerando a perda “irreparável” para a política baiana, nordestina e brasileira.


Para o ministro Jaques Wagner, Zezéu Ribeiro marcou a política baiana em seus 50 anos de vida pública pelo compromisso com a democracia, liberdade, justiça social e  o fim das desigualdades regionais.


Abaixo, palavras de Wagner, que interrompeu a agenda e está retornando para Salvador, onde prestará as últimas homenagens a Zezeu:


“Como um dos fundadores do PT baiano e lutando sempre com a garra que o destacou no movimento estudantil na década de 70, Zezéu foi um companheiro dos momentos difíceis e das lutas eternas pelas mudanças sempre com garra e alegria.


Notabilizou-se como vereador, candidato ao Senado, ao governo da Bahia, dedicando seus mandatos de deputado federal à região nordestina e, principalmente, a população do Semiárido baiano, que perdem um batalhador incansável por melhores condições de desenvolvimento para a região, e pelo fortalecimento do banco do Nordeste e da Sudene.


Arquiteto renomado, e referência em planejamento e desenvolvimento urbano, Zezéu foi um pensador da gestão pública nas regiões metropolitanas e em melhores condições para evitar transtornos e custos para a população. Seu exemplo é um legado para os atuais políticos e as futuras gerações.


Sua ausência jamais será preenchida”. 


Foto: Reprodução.