Ex-goleiro Bruno pede exame de DNA após ser condenado a pagar indenização ao filho

redacao@aloalobahia.com

O ex-goleiro Bruno Fernandes pediu autorização para realizar um exame de DNA para comprovar que é pai de Bruninho, que seria seu filho com Eliza Samudio, desaparecida em 2010. O ex-goleiro foi condenado em 2013 pelo homicídio de Eliza.

O pedido de Bruno é um recurso frente à decisão de outubro de 2022 que o condena a pagar R$650 mil de indenização a Bruninho por danos morais e materiais. De acordo com a defesa, ele não teria condições de arcar financeiramente com os custos da indenização. 

Bruno, que estava em prisão domiciliar semiaberta desde 2019, ganhou no último dia 12 liberdade condicional. Ele foi, originalmente, condenado a 20 anos e nove meses de prisão. 


Fotos: Renata Caldeira/TJMG. Também estamos no Instagram (@sitealoalobahia), Twitter (@Aloalo_Bahia) e Google Notícias.

NOTAS RECENTES