Estudos indicam que meninas estão bebendo mais álcool que meninos

redacao@aloalobahia.com

Segundo uma análise feita por especialistas do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA), com estudos de todas as partes do mundo, uma nova estatística sobre o consumo de bebida entre os adolescentes surgiu: de 2015 para cá, entre os 63,3% dos entrevistados que experimentaram algum tipo de bebida alcoólica com idades entre 13 e 17 anos, 67% é formado pelo sexo feminino.

 

Além disso, o número de meninas que provaram a sua primeira bebida alcoólica antes dos 14 anos de idade também subiu de 29% para 32%, o que pode ser diretamente ligado a pressões sociais e amadurecimento precoce.

 

Esse é um fenômeno mundial e preocupante já que, segundo informações do médico Arthur Guerra, colunista da revista Forbes, “quanto mais cedo se começa a beber, maiores as chances de no futuro se desenvolver transtorno pelo uso do álcool, do qual a dependência está, digamos assim, no extremo mais grave”.

 

O relatório indica também onde esses adolescentes têm conseguido acesso ilegal ao álcool: 30% bebem em festas e 26,8% compra em supermercados, bares ou padarias.

Lembrando que o consumo de bebidas alcoólicas no Brasil é proibido para menores de 18 anos. 

 

Fotos: Reprodução. Também estamos no Instagram (@sitealoalobahia), Twitter (@Aloalo_Bahia) e Google Notícias

NOTAS RECENTES