Em parecer, Cacá Leão indica pelo arquivamento de processo contra deputado que chamou PT de 'Partido de Traficantes'

Jornalista, repórter, assessor e consultor de comunicação.

Em parecer preliminar, o deputado federal Cacá Leão (PP) indicou pelo arquivamento do processo contra o deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), que chamou o PT de 'Partido de Traficantes'. Relator do caso no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Cacá votou pela ausêcia de justa causa para o acolhimento da representação feita pelo PT e optou pelo arquivamento. O relatório dele deverá ser votado na comissão nesta semana. 

Na conclusão do relatório, Cacá lembra que, na troca de farpas entre PT e PSL, havia o uso de expressões como "Laranjas" e "Traficantes". "É extreme de dúvidas que ambas as expressões são desairosas. Contudo, é próprio do Parlamento que haja choque de concepções o que, por vezes, deságua em discursos mais contundentes, e, em certos casos, até de mal gosto. Todavia, graças ao regime democrático, tem-se diversidade e pluralidade na composição da Câmara dos Deputados", diz. 

Segundo o relator, não houve quebra de decoro em uma mídia reproduzida, em que mostra uma discussão entre Carlos Jordy e o deputado Jorge Solla (PT). "Criou-se uma animação que poderia ser tida como pueril, visto que associa dois parlamentares a lutadores de um jogo de videogame. Penso que a resposta para tal comportamento deve vit, se o caso, da população, no exercício do sagrado direito de censura, a ser realizado nas urnas, não deste Conselho de Ética", argumenta.


Foto: Reprodução. Siga o insta @sitealoalobahia

NOTAS RECENTES