19 Nov 2020

'É um país desafiador, mas de grandes oportunidades’, diz Cris Arcangeli, ao pregar empreendedorismo

'É um país desafiador, mas de grandes oportunidades’, diz Cris Arcangeli, ao pregar empreendedorismo Convidada especial da 10ª edição do Alô Alô Convida*, a empresária Cristiana Arcangeli, que tem dedicado sua vida a libertar pessoas através da arte de empreender, mandou uma mensagem otimista aos leitores do Alô Alô, nesta quinta-feira (19). 

Apesar da crise financeira, política e até de saúde pública que o país vive atualmente, ela declarou no bate-papo com o jornalista Pedrinho Figueredo, no Instagram do @sitealoalobahia, que acredita que o Brasil é uma terra de grandes oportunidades que precisa ser melhor aproveitado.

“Apesar de ser um país desafiador, o Brasil é um país de grandes oportunidades. Tem muita coisa que pode ser feita aqui. (...) É um país desafiador porque a gente tem muita mudança de regras. Uma situação política e econômica às vezes não tão estável”, comentou ela, que lançou, também nesta quinta, em São Paulo, um projeto social que promove o empreendedorismo numa grande comunidade.

Trata-se do "Empreender Liberta", projeto que visa incentivar e acelerar pequenos negócios, principalmente de mulheres. Nesta primeira temporada, o local escolhido foi a comunidade de Paraisópolis, onde foram selecionados cinco negócios idealizados e conduzidos por mulheres na comunidade. Entre os prêmios, estavam mentoria, aceleração, parcerias e um valor de R$ 15 mil.

Criadora, em 1986, da Phytoervas, Cris deixou a carreira de dentista, na década de 80, para se tornar, além de empresária em diversos ramos (especialmente da moda, saúde e bem-estar), uma comunicadora, investidora e palestrante. 

Atualmente é CEO na Beauty’in, além de sócia do Fundo de Investimento Phenix. Ocupante da cadeira 21 da Academia Brasileira de Marketing, ela acumula 24 prêmios na carreira. Foi do alto dessas credenciais que ela também ela também deu dicas preciosas de como empreender num momento tão complexo.

“Quem quiser empreender tem que acreditar em si. Tem que vir com um pouquinho de inovação, porque não dá pra fazer mais do mesmo; e principalmente, tem que procurar uma dor, uma coisa que tenha demanda. Eu vejo muita gente, às vezes, ter uma ideia... 'Ah, eu adoro moda. Então, já sei, vou fazer uma coisa de moda'. Mas a gente não sabe se aquilo o mercado tá pedindo”, iniciou ela, abrindo o caminho das pedras.

“Procura alguma ideia com demanda, atração, mercado e um pouquinho de barreira de entrada, pra que você não entre numa coisa que daqui a pouco tá todo mundo fazendo igual. E tome cuidado com as ideias de moda (modismo): ‘ah, vamos fazer paletas mexicanas que tá na moda’. Aí começa um negócio que não dura um ano, e aquele negócio deixa de existir, ou o mercado inteiro deixa de existir. Então, procurem negócios que realmente vão se perpetuar, que vale o investimento, vale o seu tempo, seu dinheiro. E aí sim, saia da sua zona de conforto, porque empreender é uma delícia. Empreender liberta”, concluiu.

Confira o bate-papo na íntegra.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 (@sitealoalobahia)


O Alô Alô Convida* já recebeu nomes como a dançarina Lore Improta, que contou sobre seus planos de casar e ter filhos; a modelo, apresentadora e atriz Adriane Galisteu, que revelou três sonhos não realizados por Ayrton Senna; o jornalista Bruno Astuto, que se declarou para Ana Maria Braga e recebeu esse carinho de volta; ACM Neto, prefeito de Salvador; Astrid Fontenelle, apresentadora e jornalista; Claudia Leitte, cantora; Sig Bergamin, um dos maiores arquitetos do país; o empresário e coreógrafo Fabio Duarte, CEO da FitDance; e o influenciador e bombeiro JP Gadêlha.

Fotos: Alô Alô Bahia. Siga o insta @sitealoalobahia