2 Dec 2015

Do forninho do poder

Do forninho do poder

Eduardo Cunha acaba de deflagrar o processo de impeachment de Dilma Rousseff com base no parecer do jurista Hélio Bicudo, fundador do PT e hoje seu pior algoz. Até a próxima terça-feira, dia de Nossa Senhora da Conceição, o Conselho de Ética da Câmara de Deputados deve votar a cassação de Eduardo Cunha. O ministro Jacques Wagner e o presidente do Conselho, deputado José Carlos Araújo, articularam para adiar ao máximo o assunto ou mesmo salvar o notório Cunha. Lula também. Mas os 3 deputados do PT no Conselho aderiram ao “fora Cunha”. A presidente Dilma se viu no pior dos purgatórios; aquele no qual se avista o paraíso, mas se paga pecados como estando no inferno. Tentou na bassin des âmes, na bacia das almas, o último recurso desesperado: salvar-se do processo de impeachment. Não deu.

Entrando no clima natalino, Lula ironizou seus deputados com uma metáfora cristã: eles devem saber o que fazem. Só não os perdoou. Em Brasília, tudo indica, será um dezembro infernal. E Delcídio ainda nem falou ...



 

Foto: Reprodução. Siga o insta @sitealoalobahia. 

NOTAS RECENTES