Circuitos do Carnaval de Salvador terão iluminação 100% em LED

redacao@aloalobahia.com

A edição 2023 da maior festa de rua do planeta contará com iluminação em LED em todos os circuitos da folia. A iniciativa direcionada ao Carnaval, promovida pela Diretoria de Iluminação Pública da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Dsip/Semop), segue a tendência implementada pela Prefeitura, que já substituiu a totalidade das lâmpadas de sódio em 100% dos bairros da capital pela nova tecnologia, que além de garantir maior eficácia, também reduz os custos da operação.
 
Para a folia, a distribuição será setorizada, num total de 4.790 projetores, sendo que, desses, cerca de 2 mil serão instalados em vias transversais. No Circuito Dodô (Barra-Ondina) estão sendo instalados 2.264 projetores, em um projeto que contempla 75 trechos de acesso, além do circuito.
 
No Circuito Osmar (Centro), 2.347 projetores garantirão segurança e melhor visualização da festa aos foliões, com ação em 92 vias do centro da cidade. Para o Carnaval de bairros, Piatã contará com 25 projetores, enquanto o Nordeste de Amaralina terá 73, e 20 luminárias em Itapuã. Serão ainda 25 peças instaladas em Cajazeiras; 20 na Boca do Rio, e 16 em Pau da Lima.
 
O novo diretor da Dsip/Semop, Ângelo Magalhães, explica que a inovação visa garantir uma festa mais segura sem esquecer as necessidades econômicas e ambientais. “Faremos o Carnaval mais iluminado da história, proporcionando aos foliões uma festa totalmente em LED, com uma iluminação mais uniforme e eficiente, com redução estimada de 60% no consumo.  Em resumo, vamos utilizar o que há de melhor e mais moderno no mercado, consumindo menos e de forma mais sustentável, já que as lâmpadas em LED também contribuem com a redução da emissão de CO2”, afirmou.
 
O gestor lembra ainda que a capital baiana é referência no país, sendo a primeira capital do Brasil que atingiu 100% da modernização da iluminação, com recursos próprios. “Agora, faremos a maior festa de rua do mundo com as luzes integralmente modernizadas. Não tenho dúvidas de que será lindo”, completa.
Hlphrt2.md.jpg
Manutenção – O trabalho de manutenção ocorrerá por meio de rondas específicas, atuando em dois turnos, abrangendo as passarelas dos circuitos e todo entorno da festa, durante 24 horas. Cerca de 150 técnicos atuarão no Carnaval entre colaboradores da Dsip e contratados. No turno da noite, o serviço funcionará das 17h às 6h.
 
Em caso de problemas, a Dsip possui uma equipe responsável por identificar os problemas, sendo emergencial ou de urgência. Caso não seja necessário realizar a manutenção convencional, será feita uma programação pela equipe do dia seguinte, que atua das 6h às 17h, e tem, dentre outras atribuições, a função de acompanhar ações para garantir a execução do serviço.
HlpjYN4.md.jpg
Fotos: Bruno Concha. Siga o insta @sitealoalobahia.
 

NOTAS RECENTES