Chamado de interesseiro, baiano Ney Lima relembra recusa a Land Rover usada doada por Carlinhos Maia

O disse-me-disse envolvendo o influencer alagoano Carlinhos Maia continua em alta após as críticas pela realização do Natal da Vila, na qual muitos funcionários teriam se contaminado enquanto ele e outros famosos se divertiam.

A polêmica da vez, no entanto, envolve um influencer baiano que não estava presente na festa primeiro porque não foi convidado, e segundo porque está mantendo o isolamento social para evitar a contaminação por covid-19. Morador de Serrinha, no sertão baiano, Ney Lima ficou famoso com conteúdos bem humorados e se tornou um dos influentes mais requisitados do país, atualmente com 3,9 milhões de seguidores apenas no Instagram.

O bom humor, no entanto, ficou de lado nesta terça-feira (29), quando resolveu responder provocações e fofocas que já davam sinais de que não terminariam bem desde a semana passada, quando Carlinhos, seu amigo desde os tempos de seguidores minguados, parou de segui-lo.

Ney conta que soube que estava sendo chamado por Carlinhos e outros "falsa, cobra e interesseira".

As críticas motivaram Ney a gastar alguns stories do Instagram para relembrar episódios que provam que ele não tem nada de interesseiro, a exemplo da vez em que Carlinhos Maia o chamou para conversar e anunciou que estava lhe dando de presente uma Land Rover (ou Range Rover, não tem certeza) que era usada pelo marido, Lucas Guimarães.

Numa ocasião em que reuniu vários influencers em sua mansão, num jantar, Carlinhos anunciou que daria o carro a Ney, que recusou o presente.

"Carlinhos falou assim: 'Ney, o que eu tenho pra lhe falar é: Lucas não tem esse carro? Então, eu vou lhe dar. É seu'. Eu disse: 'eu não quero, não'. Aí todo mundo na mesa 'oxe! Como assim não quer? Larga de ser burra, bicha'. [Eu disse] 'Quando eu tiver o meu dinheiro, eu vou juntar e compro o meu'", citando a perplexidade dos presentes.

"Se eu fosse interesseira, se eu fosse cobra, eu tinha aceitado o carro. Mas não aceitei. (...) Qualquer um, eu digo na cara de todos [os influencers presentes] aceitava. Eu nunca aceitei porque eu não tenho olho gordo nas coisas dos outros", afirmou. Assista abaixo.

Ele citou ainda outras situações de início de carreira de ambos, para ilustrar sua posição, e negou que tivesse criticado a festa dada por Carlinhos, que foi atacado nas redes sociais, inclusive por outros influenciadores com milhões de seguidores, a exemplo de Felipe Neto e Felipe Castanhari.

Influencers falsos, babacas e retardados
A bronca também sobrou para a "classe" de influenciadores, classificada por Ney Lima, em sua maioria, de oportunista.

"É tanta cobra aí nessa internet, tanta gente interesseira e falsa, oportunista. Esses influenciadores, a maioria, é tudo falso, tudo babaca, tudo retardado, interesseiro, que só vai atrás de quem tem números, de quem tem seguidores. Por isso que não cresce", concluiu o baiano, que está em isolamento com a família na zona rural de Serrinha. No início do mês, ele pintou no programa Fantástico após uma das esquetes que produz em seu perfil viralizar ao imitar a vinheta de final de ano da Rede Globo. Assista.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

NEY LIMA (@neylima)

 
Fotos: Reprodução/Instagram. Siga a gente no Instagram @sitealoalobahia e no Twitter @aloalo_bahia.

NOTAS RECENTES