Casa do Carnaval completa três anos de funcionamento

A Casa do Carnaval, museu que conta a história da folia em Salvador, completa três anos de funcionamento nesta sexta-feira (5). O equipamento, gerido pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, é responsável por preservar e disseminar a história da festividade que [e parte essencial da cultura da capital baiana. Neste ano atípico, em que soteropolitanos e visitantes não irão às ruas celebrar o Carnaval em fevereiro, o museu é uma alternativa para não deixar a alegria característica do período se esvair. 

"A Casa do Carnaval é um indutor de turismo importante da cidade e temos muito que comemorar. Este é o maior equipamento de museologia do Carnaval no mundo e está aqui em Salvador. Mais de 40 mil pessoas já passaram pelo local e isso nos dá muito orgulho", destaca o titular da Secult, Fábio Mota.

O equipamento cultural está funcionando de terça a domingo, das 10h às 16h. Para mergulhar na história da festa é preciso seguir os protocolos sanitários durante a visitação. O distanciamento é de 1,5 m na fila e deve ser seguido durante toda a visita. Além disso, só podem acessar a bilheteria quatro pessoas da mesma família ou uma pessoa por vez. A aferição de temperatura é realizada antes do acesso à bilheteria. 

A lotação máxima permitida é de 30 pessoas e a permanência máxima de 1h no museu. Além disso, é obrigatório o uso da máscara e é proibido o consumo de alimentos e bebidas durante toda a permanência no local. Também estão suspensas temporariamente as visitas guiadas e o agendamento de visitas para grupos. 

 

NOTAS RECENTES