CARU mexe nas memórias e fala de buscas em novo EP "Paris, Bahia"

redacao@aloalobahia.com

A cantora CARU apresenta o novo EP, intitulado "Paris, Bahia", já disponível no Spotify. A artista baiana, que traz a música no histórico familiar, sendo sobrinha do primeiro professor de percussão da Universidade Federal da Bahia, o maestro Fernando Santos, conta com a parceria do tropicalista Capinan em cinco músicas.
 
O EP mistura brasilidade com beats, sons mecânicos e guitarras, com espaço até para latinidades, em faixas em que canta o que sente desde que saiu da sua cidade natal, Feira de Santana. "O álbum versa sobre não viver dentro de um estereótipo e sobre todos os sentimentos envolvidos em uma constante busca cigana", conta a cantora e compositora.
 
O nome do álbum foi inspirado numa troca de e-mails com Tom Zé, que, como muitos interioranos - ele é de Irará -, diziam que Feira era como se fosse Paris. "Eu queria falar de Feira. De onde eu vim. Mas de um jeito diferente. Feira pra mim, nesse primeiro viés, é Paris de uma mulher elegante, vivência, revoltada, saudosa, braba, Tieta, cigana, cosmopolita, independente", explica.
 
Foto: Lucas Silvestre. Também estamos no Instagram (@sitealoalobahia), Twitter (@Aloalo_Bahia) e Google Notícias.

NOTAS RECENTES