Notas


23 Dez 2019

Após discórdia na Câmara de Salvador, deputada propõe sessão especial na ALBA em homenagem a Paulo Freire

Luan Santos

 Após discórdia na Câmara de Salvador, deputada propõe sessão especial na ALBA em homenagem a Paulo Freire Após debates calorosos na Câmara Municipal de Salvador em torno do educador Paulo Freire, a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) pode realizar uma sessão especial em homenagem ao filósofo e pedagogo brasileiro reconhecido mundialmente. A troca de farpas entre vereadores da capital baiana começou depois que a Câmara aprovou um projeto que retira o nome de Paulo Freire de uma escola municipal. A proposta foi do vereador Alexandre Aleluia (Democratas), que foi chamado de "trapaceiro" pela vereadora Aladilce Souza (PCdoB) e atacado por outros integrantes da oposição na Casa.

Agora, a deputada estadual Neusa Cadore (PT) propõe a homenagem em apoio à mobilização dos colegas na Câmara. "Desde o avanço da onda conservadora e da chegada da extrema direita ao poder, sua obra tem sido constantemente atacada, justamente por tratar da libertação e da emancipação dos sujeitos através da educação. No último dia 16, foi chamado de energúmeno pelo presidente Jair Bolsonaro, num ato estúpido e desrespeitoso com alguém quem tanto contribui com o desenvolvimento do nosso país", criticou a deputada.

A proposta da petista ainda depende do crivo da ALBA. Pelo visto, o assunto ainda promete render.


Foto: Reprodução. Siga o insta @sitealoalobahia