23 Feb 2021

Após 12 casos de covid-19, ALBA endurece medidas e proíbe acesso de público externo

Após 12 casos de covid-19, ALBA endurece medidas e proíbe acesso de público externo O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Adolfo Menezes (PSD), decidiu restringir ainda mais o acesso à Casa a partir desta terça-feira (23) após o diagnóstico recente de 12 casos de covid-19 entre funcionários. Com isso, o público externo não terá acesso a ALBA e apenas 15% dos servidores permanecerão em trabalho presencial. 

Só transitarão pelo Legislativo aqueles funcionários indispensáveis, que não possam exercer suas atividades em regime de home office. Os demais servidores permanecerão trabalhando de forma remota pelas próximas duas semanas, conforme recomendação de infectologista lotada no serviço médico da ALBA.

“A pandemia superlotou hospitais e unidades de saúde em toda a Bahia e a situação em Salvador, que absorve doentes de todo o Estado, está próxima do colapso nas redes públicas e privadas”, disse Menezes. Todos os 12 diagnosticados apresentam sintomas leves. Contudo, este é o maior número de diagnósticos na ALBA desde o início da pandemia em março do ano passado.