5 Feb 2021

Apê mais caro de Salvador custa R$ 23 mi e fica em prédio onde mora o cantor Bell Marques

Apê mais caro de Salvador custa R$ 23 mi e fica em prédio onde mora o cantor Bell Marques
No final do ano passado, enquanto procurava uma casa em Salvador, um ex-presidente visitou um apartamento na Mansão Wildberger, localizada no Corredor da Vitória. Ao entrar na unidade, o político ficou deslumbrado com a estrutura, luxo e vista para a Baía de Todos os Santos. Porém, um ponto o fez desistir da aquisição: o preço.

O 'apê' era vendido por R$ 10 milhões, valor considerado alto pelo ex-chefe de estado. Acontece que este preço nem era o maior dentro do próprio prédio. Alguns andares acima estavam as unidades mais cobiçadas, com 993 m² e no esquema "um por andar".

Quanto custa? 

Sem choro, sai por R$ 23 milhões, o que faz do apartamento que toma um dos últimos andares da Mansão Wildberger o mais caro à venda em Salvador. A planta original do super apartamento tem cinco suítes; salas de estar, TV e jantar; além da varanda suntuosa. Mas tudo isso pode ser alterado de acordo com o gosto do cliente.

"É uma sugestão da planta, mas a maioria dos clientes muda. Tiram, por exemplo, duas suítes para ampliar a sala ou deixar a suíte master com dois closets. Cada proprietário acaba contratando um outro arquiteto para fazer um projeto de acordo com a necessidade da família", explica Arthur Pimentel (@tucapimentel), um dos corretores responsáveis pela venda do imóvel.
 
Já o prédio, tem infraestrutura completa. Além dos tradicionais spa, salão de jogos, de festa, quadra e piscina, também está sendo construído um deck interno para os moradores estacionarem suas lanchas na beira da baía. Um bondinho para ligar o prédio ao futuro atracador também já foi construído. 

O empreendimento como um todo chama muita atenção. O projeto foi assinado por três dos maiores arquitetos do Brasil. A arquitetura ficou a cargo de Fernando Frank, que inclusive também tem um apartamento no edifício; David Bastos fez a decoração e Fernando Abbud foi o responsável pelo paisagismo. Um dos felizardos que podem chamar o local de "humilde residência" é o cantor Bell Marques.

São poucos os que podem bancar tamanho luxo. Para efeito de comparação, alguém que ganha R$ 10 mil por mês, salário que o colocaria entre os 1% mais ricos da Bahia segundo dados do IBGE, levaria 177 anos para comprar o imóvel caso juntasse tudo o que recebesse, incluindo 13º.

"Nós estamos falando de grandes empresários, artistas super renomados como o próprio Bell, jogadores de futebol que estão na China. Inclusive um grande número de chineses recentemente nos procurou interessados em imóveis de alto padrão, como esse, por conta da construção da ponte Salvador-Itaparica", revela Arthur Pimentel. (via Gabriel Moura, CORREIO).
csm-rafael-mansao-Wildberger-555c3dafff
Mansão Wildberger - Foto: @drone_ly. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 


Foto: @myphantomtoy. Siga o insta @sitealoalobahia.