Ancine indica que serviços de streaming reserve 20% de conteúdo nacional

Entre as novas recomendações da Agência Nacional do Cinema (Ancine), está a indicação de que os serviços de streaming, como Netflix, Spotify e Amazon, reservem pelo menos 20% de seu conteúdo para produções nacionais. Segundo a Folha, a diretora-presidente da entidade, Debora Ivanov; admite que apesar da indicação, a decisão pode “limitar o catálogo, devido à escassez da produção brasileira”. Para Ivanov, uma solução para este cenário seria o incentivo à presença de conteúdo nacional. Em relação às recomendações, a Netflix disse que continuará trabalhando junto com a Ancine e com o governo brasileiro. Nos cinemas, essa medida já acontece através das “cotas de tela”. Quanto à rede fechada de televisão, esta deve transmitir pelo menos 3h30 semanais de conteúdo nacional.
 
Foto: Reprodução. Siga o insta @sitealoalobahia. 

NOTAS RECENTES