Notas


28 Jun 2018

Alô Alô Rússia

Alô Alô Rússia por Cacao Romanov
 
Privet, privet!
O jornal mexicano Esto traz em sua capa de hoje o craque Chicharito Hernández com as mãos encobrindo o rosto e a manchete: Brasil! Os Tricolores temem o confronto com a Canarinho e a imprensa culpa a péssima atuação contra os suecos por esse fado do destino. Para constar em 4 partidas em Copas são 3 vitórias brasileiras, 1 empate, 11 gols brasileiros e nenhum dos mexicanos. Histórico apavorante. Bora Brasil!
 
Auf Wiedersehen Campeões
Com uma campanha vergonhosa a Alemanha, atual campeã mundial, disse adeus a Rússia após ser batida pela Coréia do Sul por 2x0. O técnico Joachim Löw, notório comedor de meleca, não conseguiu esconder sua profunda decepção com bagunça tática em que sua equipe se transformou. Esta coluna já alertava para a péssima forma de Toni Kross e Thomas Muller; peças fundamentais no título conquistado no Brasil. Não deu outra. O goleiro Jo Hyeonwoo foi o homem do jogo da FIFA e o craque Son marcou seu gol. A Alemanha terminou em último lugar no grupo. Um vexame categórico da pior Alemanha de todos os tempos.
 
Suécia avança em primeiro
Com grandes atuações de Granqvist e de Augustinsson, o homem do jogo da FIFA, a Suécia goleou o México por 3x0 e conquistou o primeiro lugar do grupo F. A Suécia adiantou sua marcação e anulou as principais jogadas mexicanas, com uma defesa forte e contra-ataques eficientes. O México foi decepcionante e se beneficiou do vexame histórico da Alemanha que não caía na fase de grupos desde 1938, para também avançar. 
 
Brasil incontestável
A defesa sólida, com atuações soberbas de Thiago Silva e Miranda; o meio de campo excelente, com destaque para Casemiro; o brilho constante de Philippe Coutinho e Neymar, jogando para o time, em crescimento inquestionável, fizeram o Brasil irresistível. Paulinho foi o homem do jogo da FIFA e fez o lindo gol bailarino (foto), em jogada ensaiada com Coutinho, que já havia sido tentada pouco antes. A equipe mostrou um esquema tático forte e bem montado por Tite: segurou o arroubo sérvio no início do segundo tempo e matou o jogo com o gol de cabeça de Thiago sobre a gigantesca defesa adversária. Mais uma vez, Gabriel Jesus ficou a dever – nunca um camisa 9 canarinho passou em branco na primeira fase. Tá faltando sorte e concentração. Faz o que sabe guri! William melhorou com a boa entrada de Filipe Luís no lugar de Marcelo (machucado), mas ainda precisa evoluir muito. No final Brasil 2x0 e festa em todo país.
 
Raclete fria
A burocrática equipe da Suíça empatou em 2x2 com a Costa Rica e segundo o técnico Vladimir Petkovic se ressentiu do apoio dos russos aos costa-riquenhos. Os suíços estiveram duas vezes a frente do placar, mas cederam o empate. Bryan Ruiz voltou a marcar e os centro-americanos, ainda que decepcionados após a brilhante campanha no Brasil em 14, disseram um digno adeus a Copa da Rússia.
 
Do svidaniya
Notícia extraordinária. Crush. O superastro Tom Brady, 5 vezes campeão do Super Bowl, marido de Gisele Bündchen, comemorou a vitória do Brasil sobre a Sérvia, homenageando o craque Thiago Silva, em sua página oficial, com a camisa 2 do Paris Saint Germain. A família Bündchen-Brady está engajadíssima na campanha canarinho na Copa da Rússia. Bora Brasil!

 Fotos: Eugênio Sávio e Reprodução. Siga o insta @sitealoalobahia