Airbnb procura alguém que queira viver de graça no ‘mais belo vilarejo da Itália’ por um ano

redacao@aloalobahia.com

A gigante do segmento de hospedagem Airbnb lançou um projeto chamado ‘A Casa de 1 Euro’, em que pretende selecionar uma pessoa que esteja disposta ao sacrifício de viver hospedado de graça na Sicília, na Itália, por um ano em uma casa de 1 euro restaurada. 

Segundo o site da Melhores Destinos, a pessoa contemplada terá a difícil tarefa de se envolver em uma pequena comunidade italiana compartilhando da cultura e do estilo de vida rural do lugar.

Com o projeto, o Airbnb quer contribuir para o rejuvenescimento de Sambuca, uma pequena de perfil rural com cerca de 6 mil habitantes. Em 2016, Sambuca recebeu o título de “mais belo vilarejo italiano” por combinar a herança e as tradições rurais da Itália, como o cultivo e colheita de uvas e azeitonas.

A casa fica bem no centro do vilarejo e foi totalmente reformada por profissionais de uma empresa de arquitetura italiana. Segundo o Airbnb, a renovação, os materiais e as cores usadas respeitam a paisagem e a história do lugar. 

O espaço tem três andares e é ideal para morar e hospedar mais pessoas, já que o anfitrião ou a anfitriã deverá receber hóspedes do mundo inteiro pelo Airbnb, por pelo menos 9 meses.

A pessoa selecionada poderá levar um amigo, companheiro ou mesmo a família (no máximo dois adultos e duas crianças), e receberá aulas grátis de italiano e culinária do país durante o período de um ano, ainda com a liberdade para trabalhar remotamente.

A pessoa disposta a participar deve ser aventureira, apaixonada pela natureza, pela cultura italiana e se comprometer a contribuir para que Sambuca volte a ser cada vez mais cheia de vida. 

sicilia-italia-casa-de-1-euro-airbnb-foto-reproducao3 casa-de-1-euro-airbnb-foto-reproducao

Além disso, os interessados precisam ter mais de 18 anos, estando disponível para mudar para o vilarejo já em junho desse ano.

Vacilo do Airbnb
Apesar da boa notícia, o Airbnb deixou brasileiros residentes no Brasil na mão. Os termos e condições do site dizem que apenas pessoas residentes nos seguintes países podem participar do processo seletivo: Alemanha, África do Sul, Argentina, Áustria, Austrália, Bélgica, Canadá, Chile, China, Coreia do Sul, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Filipinas, Hong Kong, Irlanda, Índia, Itália, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Noruega, Países Baixos, Portugal, Reino Unido, Singapura, Suécia, Suíça, Taiwan e Tailândia.

Então, caso você more em algum desses países (mesmo sendo brasileiro/a), pode participar. Boa sorte!

Fotos: Reprodução. Também estamos no Instagram (@sitealoalobahia), Twitter (@aloalo_bahia) e Google Notícias.

NOTAS RECENTES