14 May 2020

Academias na Ásia mostram o caminho do ‘novo normal’ na musculação

Academias na Ásia mostram o caminho do ‘novo normal’ na musculação Enquanto governantes discutem o decreto do presidente Jair Bolsonaro, que nesta semana incluiu academias entre as atividades consideradas essenciais, muitos usuários vivem um dilema. Se por um lado existe o desejo de queimar as calorias acumuladas na quarentena, há também o receio de retornar ao local com grande risco de contágio, onde pessoas transpiram e revezam aparelhos. Como praticamente tudo relacionado à pandemia de coronavírus, o Brasil tem a seu favor a possibilidade de mirar em bons exemplos de países onde as curvas de contaminação foram reduzidas.

As imagens mais curiosas sobre o possível “novo normal” da musculação vêm de Hong Kong, que reabriu oficialmente academias, bares, cinemas e salões de beleza na última sexta-feira 8. O jornalista britânico Ben Lucas compartilhou em suas redes sociais uma foto e um vídeo das bicicletas ergométricas de sua academia separadas por uma tela. “As máquinas de exercícios cardiovasculares foram as únicas a receber esse escudo, o resto estava mais ou menos igual. As aulas em grupo, no entanto, foram reduzidas a apenas oito pessoas”, conta Ben Lucas.( via Veja).
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 



Foto: divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia.