5 Mar 2021

Academia fechada, orla lotada: número de pessoas praticando exercícios à beira-mar aumenta

Academia fechada, orla lotada: número de pessoas praticando exercícios à beira-mar aumenta
O sol vai se escondendo e as pessoas vão aparecendo. Quando chega às 16h, a orla de Salvador abandona o vazio e vai, aos poucos, recebendo mais e mais visitas. Às 17h, já começa um vai e vem frenético de gente praticando exercícios físicos. A cada piscada de olho, mais e mais pessoas. Tem aquelas que preferem a caminhada, outras que são mais amigas da corrida e ainda há quem se dê bem mesmo com as bikes. Seja acompanhado ou sozinho, com as academias fechadas, muita gente resolveu ocupar as ruas para se exercitar. 

A medida restritiva, adotada pelo governo do estado, foi publicada na edição de quarta-feira (3) do Diário Oficial do Estado, com o objetivo de conter a disseminação da covid-19. Mas, se não tem aglomeração nas academias, tem ao longo da orla da cidade. As regiões da Pituba, Itapuã e Barra são as campeãs. E nem todo mundo que passa usa máscara, muito pelo contrário. Grande parte passa sem a máscara ou com ela abaixada, cobrindo o queixo. 

Na frente do Farol da Barra, foi montado um ponto de controle vistoriado pela Guarda Municipal. A placa orienta: “Uso obrigatório de máscara”. Quando o movimento de pessoas se intensificou no final da tarde de quinta-feira (4), os agentes passaram a abordar quem passava sem utilizar o equipamento de proteção; solicitavam o uso e forneciam para aqueles que não tinham em mãos. 

As atividades individuais nas academias de ginástica ficam suspensas até às 5h do dia 8 de março, em Salvador e região metropolitana. Já as aulas coletivas, como dança, boxe, crossfit, bike, entre outras, vão ter que esperar ainda mais. Elas estão suspensas até o dia 1º de abril em todo o estado. (Caroline Cerqueira, via Correio).

Foto: @uilercosta. Siga o insta @sitealoalobahia.

NOTAS RECENTES