😷

infectados

😔

mortes

🙂

recuperados

24 Jul 2019

85% das obras no Aeroporto de Salvador já estão concluídas

85% das obras no Aeroporto de Salvador já estão concluídas Faltando 100 dias para o fim do prazo estabelecido pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para conclusão da primeira fase das obras de modernização e ampliação do Salvador Bahia Airport, integrante da rede VINCI Airports, 85% das intervenções previstas no Contrato de Concessão já foram realizadas.
 
Iniciadas em abril de 2018, as obras se dividem em duas fases. A primeira, chamada de 1B, está em execução e será entregue no dia 31 de outubro. Com andamento já elogiado publicamente pelo Secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann, e cerimônia de inauguração prevista para dezembro, essa fase contempla 90% das intervenções constantes no Contrato.
 
Entre elas, estão a expansão do terminal de passageiros em 22.000 m², melhorias nos sistemas de refrigeração e iluminação, ampliação do pátio de aeronaves, implantação de novas pontes de embarque, requalificação das pistas de pouso e decolagem, instalação de wi-fi gratuito e de alta velocidade, modernização de banheiros e fraldários, nova área para os balcões de vendas das companhias aéreas, check-ins em novo layout, entre outras.
 
“É importante ressaltar que as obras no Aeroporto não terminam com a conclusão dessa etapa. Os 10% restantes serão concluídos durante a fase chamada 1C, que começa no  dia 1º de novembro e segue até 31 de outubro de 2021, conforme estabelecido pela ANAC”, destaca o diretor-presidente do Salvador Bahia Airport, Julio Ribas. Nesse segundo momento, serão realizadas ampliação e retrofit da praça de alimentação, instalação de novas pontes de embarque e implantação de novas posições de check-in.
 
Todas as obras realizadas visam oferecer aos passageiros um aeroporto mais moderno, seguro e funcional. Não serão mudanças significativas do ponto de vista estético, mas que pretendem impactar positivamente na otimização das operações, trazer mais agilidade, conforto e segurança, além de proporcionar uma melhor experiência ao usuário.
 
Uma prova disso é que a empresa que administra o terminal realiza, nas duas fases, melhorias além das estabelecidas pela Anac. Entre essas intervenções não previstas no Contrato de Concessão, estão a substituição da iluminação convencional por LED em todo o terminal, instalação de novo sistema de detecção e combate a incêndio, de nova Estação de Tratamento de Efluentes, de Central de Resíduos Sólidos, modernização de todas as subestações de energia com a construção de uma nova central de geração, entre outros.
 
Foto: Divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia