10 mil dívidas foram renegociadas na Bahia por recuperadora de crédito do Itaú e empresa bate recorde

redacao@aloalobahia.com

A Recovery, empresa do Grupo Itaú e especializada em recuperação de crédito no Brasil, realizou 10 mil acordos de renegociação de dívidas na Bahia na semana de 19 a 26 de novembro. Em todo o país, foram mais de 264 mil acordos, que representaram mais de R$ 182 milhões renegociados. A Bahia ficou em 4 lugar no total de renegociações. São Paulo ocupa o topo, seguido de Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Clique aqui e participe do canal do Alô Alô Bahia no WhatsApp

O pico de acordos foi no dia 22 de novembro, com mais de 59 mil renegociações feitas apenas nesta data. Esse é o maior número de acordos feitos em um único dia pela Recovery ao longo dos seus 25 anos de atuação no Brasil. Em 2022, nessa mesma semana, foram feitos 201.065 acordos em todo o Brasil, que totalizaram mais de R$ 150 milhões. Ou seja, este ano, a Recovery registrou um aumento de 31,64% nas renegociações do mesmo período. 

“Esses números sofreram forte influência do ‘Dia do D’, do Dia do Desenrola Brasil, que funcionou como um mutirão organizado pelo Governo Federal para incentivar os brasileiros a acessarem o programa e quitarem suas dívidas. Além disso, nessa mesma semana, fizemos o tradicional Feirão de Renegociação na Recovery com condições de parcelamento e descontos para estimular mais acordos e também ocorreu o Feirão Limpa Nome da Serasa. Esse movimento e os dados que obtivemos entre os dias 19 e 26 de novembro mostram um interesse cada vez maior dos brasileiros em renegociarem suas dívidas e recomeçarem suas vidas financeiras”, afirma Marcela Gaiato Martins, diretora de Produtos, B2C, Marketing e Atendimento ao Cliente da Recovery. 

Publicado por H.C. | Foto: Agência Brasil

Leia mais notícias na aba Notas. Acompanhe o Alô Alô Bahia no TikTok. Siga o Alô Alô Bahia no Google News e receba alertas de seus assuntos favoritos. Siga o Insta @sitealoalobahia, o Twitter @AloAlo_Bahia e o Threads @sitealoalobahia.

NOTAS RECENTES