Notas


13 Jun 2018

Alô Alô Rússia – Alô Alô Bahia lança coluna sobre a Copa do Mundo

Alô Alô Rússia – Alô Alô Bahia lança coluna sobre a Copa do Mundo por Cacao Romanov e Lena Petrovskaya*
 
 
‘Privet, privet’! A Copa do Mundo de Futebol está para a contemporaneidade como os Jogos Olímpicos estavam para a Antiguidade. Maior que qualquer evento esportivo, ela atinge diretamente cerca de 1 bilhão de pessoas através de todas mídias. Depois vem a final da Champions League, a Eurocopa, o Super Bowl e, finalmente, os Jogos Olímpicos.
 
Na Antiguidade, as guerras eram interrompidas para a disputa dos jogos e grandes intelectuais como Platão e Aristóteles eram entusiastas dos esportes. Pois bem, chegamos a mais uma Copa e a ladainha, o mimimi retornam. “Como pensar em futebol numa crise dessas?” Nos anos 1960/1970, enquanto Caetano Veloso denunciava a caretice da ‘“inteligência brasileira”, a maioria dos intelectualizados torcia contra a seleção nacional – para eles um símbolo de alienação. Na verdade, a Copa da Rússia chegou. Viva a Copa da Rússia! Viva o Brasil! Aproveitemos esses momentos maravilhosos de força, beleza, arte, sacrifício, alegria e êxtase que o futebol vai nos proporcionar. Por alguns momentos, nos reconciliaremos com a nacionalidade e com o popular na real – porque futebol é popular. Popular na origem de nossos ídolos, no “novo riquismo” e na ostentação da moçada que faz a cabeça dos moleques, na cafonice musical, na breguice dos batidões e das pizzas de brilhantes tamanho família rasgando orelhas. No futebol não tem gente diferenciada. “Quem não pode Nova Iorque, vai de Madureira”. É verticalidade e permeabilidade radical nos vários extratos de torcedores – só quem já foi num estádio e vibrou loucamente com um gol sabe o que é isso. E isso não tem preço.
 
Estaremos aqui com vocês, todo santo dia desta abençoada Copa. Trazendo futebol (unguento de nossas dores), comentando os jogos da gloriosa seleção, falando (mal) de nossos adversários, secando nossos rivais (sem nenhuma esportividade), exaltando o mau humor viral do nosso mascote Canarinho Pistola e trazendo frivolidades exclusivas do mundo da bola; como compete a um site chique como o Alô Alô Bahia. ‘Do svidaniya’.
 
 
*Cacau e Lena são profundos conhecedores de futebol, sua técnica e suas táticas. Conhecem ainda ciência política, psicologia, história, literatura, música, filosofia, gastronomia, vitivinicultura, teologia, geopolítica, história da arte e relações internacionais. Tá bom pra vocês?
 
 
 
Foto: Reprodução. Siga o insta @sitealoalobahia.