Entrevistas


23 Out 2017

Isaac Edington faz balanço da Maratona Cidade de Salvador

Isaac Edington faz balanço da Maratona Cidade de Salvador

Aconteceu na manhã deste domingo, 22, a Maratona Cidade de Salvador, com 3.500 participantes. O evento marcou a entrada de Salvador na rota do turismo esportivo mundial com uma programação que mesclou esporte e lazer na orla da capital baiana. O Alô Alô Bahia conversou com Isaac Edington, Presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), para saber mais detalhes sobre os resultados do evento. Confere só.


Alô Alô Bahia: Qual a avaliação o senhor faz sobre a primeira edição da Maratona Cidade de Salvador?
 
Isaac Edington: Extremamente positiva, obtivemos um engajamento importante dos atletas logo no primeiro momento que apresentamos a prova aos profissionais, técnicos e clubes de corrida. A aderência foi total. Fizemos um trabalho forte de comunicação e contamos com a parceria da Federação Bahiana de Atletismo – FBA com toda a parte técnica, juntamente com técnicos do setor de corridas da cidade. Contamos com apoio importante de todos os órgãos municipais A exemplo da Secretaria de Esportes, TRANSALVADOR, SEMOP, Guarda Municipal, SEMOB, SEC SAÚDE, Defesa Civil, Secretaria de Infraestrutura, SUCOP, SEDUR, Casa Civil, entre outras e também, contamos com o apoio da PM, por meio do Esquadrão Águia e até um importante apoio do Exército.
 
Tivemos um público de 3.500 participantes, de mais de 80 cidades, oriundos de 16 estados brasileiros que representaram 30% dos participantes. Além disso, fizemos uma prova com todo rigor técnico, convidamos um consultor da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e medidor oficial da Federação Internacional, Rodolfo Ashley, no sentido de fazer avaliações para que no próximo ano a competição possa ser certificada e entrarmos definitivamente no calendário internacional de maratonas. Vale a pena ressaltar que os resultados da prova da Maratona (42k) já nesta primeira edição são válidos para o Ranking Brasileiro de Maratonas, já que o percurso da Maratona foi aferido por medidor credenciado pela CBAt, se tornando assim uma Maratona Oficial no calendário nacional.
 
E ao mesmo tempo, tivemos uma prova com a cara de Salvador, com muita música, em quatro diferentes pontos da competição quatro grupos diferentes surpreendiam os atletas, Fred Dantas, Malê, o grupo Wadô com seus tambores e o DJ Santz. Um percurso todo ao lado do mar em nossa belíssima orla. E ao final tivemos FitDance e, em seguida, todos foram brindados com o show do Alavontê.
 
E aí comento, nenhuma Maratona do mundo termina assim, com tanta alegria e descontração, só em Salvador.
 
Alô Alô Bahia: Qual o senhor acredita que tenha sido a importância da Maratona para a capital baiana?
 
IE: Demos um passo importante no fortalecimento da nossa plataforma de eventos. A Maratona pode, em breve, se transformar talvez no terceiro produto da cidade ficando atrás apenas de carnaval e réveillon.
 
O Turismo esportivo é um fenômeno no mundo inteiro. Cada vez mais e mais pessoas se deslocam para outras cidades, estados e outros países para participar de competições de rua. Estamos de olho nesse mercado. Essa não é simplesmente uma corrida. É um evento que gera desenvolvimento econômico e promove a cidade. Além do mercado interno, cada competidor de fora traz consigo duas, três, quatro pessoas, consomem em nossos bares e restaurantes, usam nossa rede hoteleira, visitam nossos pontos turísticos, fazem compras, consomem, geram divisas para a cidade. Por isso esse tipo de evento está em nossa estratégia de desenvolvimento.
 
Alô Alô Bahia: Já existe a pretensão de realizar uma próxima edição?
 
IE: Estaremos, em breve, divulgando a data de 2018. Agora, Salvador entra definitivamente no clube de cidades do Brasil e do mundo que possuem a sua maratona. Alô Alô Bahia e “Maraturistas” comecem a treinar, a Maratona 2018 vem aí!
 
Foto: Divulgação. Siga o insta @sitealoalobahia