Entrevistas


13 Dez 2016

Alô Alô Bahia entrevista Ângela Freitas

Alô Alô Bahia entrevista Ângela Freitas O Alô Alô Bahia entrevistou, com exclusividade, a empresária Ângela Freitas. Franqueada da marca Osklen em Salvador, Ângela falou um pouco sobre sua infância, formação e rotina. Confira a entrevista na íntegra:


 
Como foi a sua infância? Onde nasceu e por onde viveu?

AF: A minha infância e adolescência foram na cidade de Petrolina (PE), parte da minha família reside lá. Tive uma infância muito feliz, tenho grandes lembranças pois sempre fui muito participativa na minha escola, em esportes, festas e desfiles promovidos por ela.

Na família, tínhamos uma fazenda chamada Santa Tereza que era famosa e disputada nos finais de semana. Fazíamos "passeios" com os colegas e amigos, íamos todos em um ônibus cedido por meu pai, proprietário da empresa Joalina, que fazia o transporte público entre as duas cidades.
 
Você é uma mulher de sucesso. Qual a sua formação?

AF: Sou formada em História pela UCSAL, mas o comércio está no meu DNA. Vi meu pai exercer esta atividade ao longo da vida, desde menina trabalhava nas férias escolares por iniciativa própria, sei que carrego comigo o espírito empreendedor... Amo trabalhar!
 
Por que moda? Por que a Osklen?

AF: Aliado ao espírito empreendedor, desde pequena demonstrei uma habilidade manual muito grande. Quando as minhas filhas nasceram, comecei a costurar e bordar todas as roupas delas,  as minhas amigas pediam para eu fazer roupas para elas também e aí veio a ideia de montar uma confecção. Fiz isto durante 8 anos, mas por força do destino precisei fazer uma pausa e fui morar em São Paulo, fiquei dois anos afastada desta atividade. Então retornei e veio a necessidade de recomeçar, mas não queria mais produzir pois a nossa mão de obra é muito difícil e não temos tradição em confecção, mas tinha certeza que era alguma atividade relacionada à moda. Montei um escritório de representação que começou a dar resultado, mas surgiu a oportunidade de investir numa franquia da marca Forum, a partir disto tudo começou e consegui um excelente resultado.

A Osklen surgiu com uma bimarca que tive no Shopping Barra. Quando pesquisei uma segunda marca que agregasse junto com a Forum, tomei conhecimento desta marca carioca que, desde o início, me identifiquei e apaixonei, e enxerguei o grande potencial. Nesta época, o trabalho local era muito tímido numa loja de 36 metros. Então resolvemos investir numa loja de 115 metros, o que foi logo um sucesso.
 
Você é uma mulher muito elegante. Qual sua grife favorita?

AF: Obrigada! Sou mais casual, gosto da roupa mais limpa e sem exageros de bordados e informações. Quanto as grifes... No Brasil, Osklen. Gosto também de Adriana Barra pois adoro as estampas e Reinaldo Lourenço para ocasiões mais formais.  Internacionalmente falando, gosto de Giorgio Armani e dos vestidos do Valentino.
 
Agora nos conte um pouco sobre sua rotina...

AF: Como no final de semana os excessos são muitos (risos)... Faço drenagem toda segunda-feira, vou à academia três vezes na semana logo cedo. Em seguida, vou para o escritório, rodo as lojas sempre pela tarde e noite. Todos os dias trabalho numa média de 10 horas.  

Você tem algum exercício físico preferido?

AF: Adoro bicicleta, ás vezes tenho vontade de participar de um grupo, mas tenho medo de nosso trânsito. Também tenho um Stand Up que quando posso pratico.

Se ligássemos o som de seu carro agora, o que tocaria?

AF: Adoro Jazz, Bossa Nova e Dancing Music dos anos 70 e 80, amo dançar.

Um sonho de consumo?

AF: Poder investir em Arte e Antiguidades.

Lugar preferido em Salvador, e por quê?

AF: Minha casa em Interlagos, amo ir para lá nos finais de semana e ficar em contato direto com a natureza. Lá consigo relaxar e descansar do meu dia a dia.


 
Fotos: Reprodução. Siga o insta @sitealoalobahia.