Réptil que viveu há 237 milhões de anos é descoberto no Brasil

Réptil que viveu há 237 milhões de anos é descoberto no Brasil

Redação Alô Alô Bahia

redacao@aloalobahia.com

Redação

Reprodução/Matheus Fernandes Gadelha

Publicado em 21/06/2024 às 17:04 / Leia em 1 minutos

Um novo tipo de réptil que aparenta ser algo como uma mistura de um crocodilo com um dinossauro e que viveu há 237 milhões de anos, antes mesmo da era dos dinossauros, foi descoberto no Brasil.

O espécime tinha dentes em forma de punhal, adaptados para cortar carne, corpo esguio e ágil e dorso revestido por escudos dérmicos, que deveriam formar uma carapaça.

Mas era um pequeno entre seus semelhantes da época, com apenas 1 metro de comprimento e 25 centímetros de altura.

Ele compartilhava o habitat com espécies de aparência de crocodilo, como a dele, mas que chegavam a sete vezes o seu tamanho.

Batizado de Parvosuchus aurelioi, o animal teve seus fósseis descritos pelo paleontólogo Rodrigo Müller, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul.

O estudo no qual Müller descreve a nova espécie encontrada foi publicado na quinta-feira (20) no periódico científico Scientific Reports, do grupo Nature.

Alô Alô Bahia no seu WhatsApp! Inscreva-se

Compartilhe