Modelo antigo da Carteira de identidade só vale até fevereiro de 2032

Modelo antigo da Carteira de identidade só vale até fevereiro de 2032

Redação Alô Alô Bahia

redacao@aloalobahia.com

Correio*

Arisson Marinho/Correio*

Publicado em 09/07/2024 às 18:41 / Leia em 2 minutos

Quem ainda não solicitou a Carteira de Identidade Nacional (CIN) deve ficar atento aos prazos. O modelo atual da carteira de identidade, também conhecida como RG, tem validade até 28 de fevereiro de 2032, quando será aposentado. A partir dessa data será aceito apenas o modelo novo.

A partir desta terça-feira (9) já é possível solicitar a CIN na Bahia pelo site ou aplicativo do Governo Estadual

A versão on-line fica disponível em três dias e a impressa em até dez dias. A primeira versão é gratuita. A partir da segunda versão o valor cobrado será o mesmo do RG atual. O valor é atualizado a cada dezembro.

Foram investidos mais de R$ 8,6 milhões na contratação do novo sistema. O contrato, com vigência de cinco anos, prevê a prestação de serviços e inclui implantação, configuração, migração de sistema e treinamento de pessoal.

A Griaule é a empresa brasileira que fornece a tecnologia para a emissão da nova Carteira de Identidade Nacional na Bahia. Ela é especializada em reconhecimento biométrico e, segundo os empresa, emitiu mais de 3 milhões de CINs nos últimos 12 meses, e possui certificações internacionais de qualidade e acurácia emitidas, inclusive, pelo FBI.

A empresa já oferece o serviço que está sendo lançado na Bahia nos estados de Mato Grosso, Tocantins, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina e afirma que a tecnologia reduz pela metade o tempo que o cidadão leva no guichê.

Serão, pelo menos, 12 mil carteiras de identidade emitidas por dia, sendo 10 mil novas e 2 mil de segunda via. O sistema biométrico da Griaule (ABIS – Automated Biometric Identification System) tem capacidade para realizar reconhecimento de faces e impressões digitais, e também permitir o cadastro facial e as impressões digitais de 14 milhões de pessoas, praticamente toda a população do estado.

Alô Alô Bahia no seu WhatsApp! Inscreva-se

Compartilhe