Rally da Chapada movimenta região da Chapada Diamantina neste sábado (6). Saiba detalhes

Rally da Chapada movimenta região da Chapada Diamantina neste sábado (6). Saiba detalhes

Redação Alô Alô Bahia

redacao@aloalobahia.com

Redação Alô Alô Bahia

Divulgação

Publicado em 06/07/2024 às 01:20 / Leia em 2 minutos

A região da Chapada Diamantina recebe a sexta edição do Rally da Chapada neste sábado (6), na turística cidade de Lençóis, município que deu início à história do tradicional rally de aventura na Bahia. O evento é conhecido por levar admiradores do automobilismo às paisagens naturais da região e movimentar a economia local.

Válida como a segunda etapa do Campeonato Baiano de Rally de Aventura de 2024 da Federação de Automobilismo da Bahia (FAB), a prova terá por mais um ano o apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

Os carros poderão levantar a poeira e levar adrenalina às equipes nas categorias turismo 4×2 e adventure 4×4, sendo disponível para todos os tipos de automóveis de quatro rodas. Esta edição inicia com a entrega dos kits no Hotel Terra dos Diamantes e o briefing técnico no Hotel de Lençóis, ambos nesta sexta-feira, 05. Já a largada da prova é no sábado, 06, a partir das 9h, na Praça Horácio de Matos, no Centro, após a concentração e adesivagem dos carros às 7h30 no mesmo lugar e com a premiação e a festa dos campeões a partir das 19h no Hotel Terra dos Diamantes.

Seguindo o objetivo de fomentar o esporte a motor e o turismo de aventura, o rally foi pensando como uma prova de estratégia para duplas de pilotos e navegador que recebem uma planilha de rally de regularidade e devem cumprir uma série de tarefas ao longo do percurso de cerca de 100 km por estradas vicinais do município de Lençóis. Os competidores terão a oportunidade de cruzar lugares deslumbrantes.

Segundo Roberto Cunha, diretor técnico da prova, o Rally da Chapada é uma rally de aventura por percurso offroad leve e fora do Parque Nacional da Chapada Diamantina. “Procuramos valorizar as experiências dos participantes. Ao longo do percurso, piloto e navegador devem estar em sintonia na prova e podem também contemplar a paisagem”, destaca Cunha.

Alô Alô Bahia no seu WhatsApp! Inscreva-se

Compartilhe