Bahia liderou turismo nacional nos primeiros meses de 2024, diz IBGE

Bahia liderou turismo nacional nos primeiros meses de 2024, diz IBGE

Redação Alô Alô Bahia

redacao@aloalobahia.com

Redação

Créditos: @boipeba_emfotos / @tarcisotsa / @kikosilva / @trancosoemcantos

Publicado em 19/06/2024 às 14:47 / Leia em 2 minutos

Pesquisas recentes mostram como a Bahia tem relevância no ranking nacional relacionado a turismo interno e internacional. Em nota divulgada nesta quarta-feira (19), a Secretaria de Turismo (Setur) do estado afirma que o destino Bahia segue em rota de crescimento no volume das atividades turísticas desenvolvidas no país, quadro que vem sendo registrado desde 2021, superando a média brasileira.

No último levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de janeiro a abril deste ano, o movimento no turismo baiano cresceu 12%, enquanto o Brasil registrou aumento de 1,4%. A Bahia lidera o ranking de crescimento entre as unidades da Federação. No período, o estado teve aumento de 22% na receita do setor; no país, a receita cresceu 9,7%; e dos empregos formais gerados na Bahia, 6,9% foram em serviços turísticos.

Os dados do IBGE estão em sintonia com os números da Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA), relacionados à circulação de visitantes. No primeiro quadrimestre de 2024, o movimento nos aeroportos baianos aumentou 4,7%, em comparação com o mesmo período de 2019 (pré-pandemia). Seguindo o comparativo, as praças de pedágios tiveram um incremento de 8,4%.

O titular da Setur-BA, Maurício Bacelar, credita os bons resultados às ações do governo baiano em áreas estratégicas, que têm a contribuição da União, de prefeituras, da iniciativa privada e de entidades sociais. “É um grande conjunto de ações, que envolve promoção, capacitação, qualificação, infraestrutura e sustentabilidade, sempre mantendo diálogo com o Governo Federal, os municípios, o trade turístico e outros agentes”, esclarece o gestor.

Para Bacelar o trabalho estratégico tem mantido a Bahia na liderança do turismo nacional. “Importante verificar que o crescimento é registrado tanto no volume das atividades, quanto na receita. Isso significa que o turista está gastando mais em território baiano, o que reflete na geração de mais emprego e renda para a população”, conclui o secretário. 

 

Alô Alô Bahia no seu WhatsApp! Inscreva-se

Compartilhe