Premiado curta baiano é selecionado em festival de cinema no Rio de Janeiro; veja trailer

Premiado curta baiano é selecionado em festival de cinema no Rio de Janeiro; veja trailer

Redação Alô Alô Bahia

redacao@aloalobahia.com

José Mion

Divulgação

Publicado em 03/05/2024 às 09:05 / Leia em 3 minutos

A história de amizade entre Diadorim, uma menina sonhadora, e Riobaldo, um alegre passarinho azul é retratada no curta baiano “Quintal”, dirigido por Mariana Netto e com roteiro do MIRÁ (Núcleo de Animação da Escola de Belas Artes – UFBA). A produção audiovisual está entre as 27 escolhidas para concorrer na primeira edição do Festival de Cinema de Xerém, que acontece de 8 a 11 de maio, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

O filme baiano está ainda entre os 12 que são dirigidos por mulheres e concorre na Mostra Competitiva Nacional de Curtas, que irá premiar com o Troféu Zeca Pagodinho as categorias de Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Montagem, Melhor Atriz, Melhor Ator e concorrerão também na categoria Júri Popular e ao Prêmio Edina Fujii.

“Quintal” é inspirado na obra de Manoel de Barros, mais especificamente na poesia “Tributo a João Guimarães Rosa” e se passa em um terreno abandonado, aparentemente esquecido pela cidade grande, onde Diadorim e Riobaldo buscam juntos se libertar das limitações impostas pela velocidade das demandas cotidianas.

O curta foi o primeiro projeto autoral do MIRÁ, com trilha sonora original composta por João Milet Meirelles, conhecido, entre outras coisas, por tocar e produzir live electronics na BaianaSystem, e Aline Falcão, e foi escolhido como Melhor Filme (Júri Oficial) pela Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, em 2023. No mesmo ano, “Quintal” levou a categoria Melhor Edição de Som no CINE PE.

“A ideia do curta surgiu apenas da vontade de contar uma história simples, com calma e tranquilidade. Se tornou uma história com diversas nuances e leituras, ao mesmo tempo em que processávamos os impactos de uma pandemia, em um mar de incertezas e turbulências. E o resultado foi a maior beleza, alegria e esperança que poderíamos expressar e desejar naquele momento”, explica a diretora.

Veja trailer:

Festival de Cinema de Xerém

De 8 a 11 de maio, Xerém, distrito de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, será o epicentro do cinema nacional com a realização da primeira edição do Festival de Cinema de Xerém. A programação gratuita será dividida entre o Centro de Convenções John Wesley, na EBAV – Escola Brasileira de Audiovisual, e no Instituto Zeca Pagodinho.

O festival abre com o premiado “Três Verões”, de Sandra Kogut e protagonizado por Regina Casé, uma das homenageadas do festival deste ano. A atriz e apresentadora estará presente na sessão de abertura para receber o Troféu Zeca Pagodinho. Já no dia 10, é a vez do cineasta Hsu Chien, igualmente homenageado no evento, receber o troféu, seguido da sessão do seu longa “Desapega”, com Glória Pires, Maisa e Marcos Pasquim.

“A ideia é proporcionar um intercâmbio enriquecedor para as diversas produções realizadas na região e em todos os Estados brasileiros”, diz o diretor do festival, Sergio Assis, que busca democratizar e difundir a produção audiovisual.

Toda programação está disponível no site oficial do festival: www.festivaldexerem.com.br.

Alô Alô Bahia no seu WhatsApp! Inscreva-se

Compartilhe