Notas


11 Jan 2019

Em comemoração aos 60 anos, MAM exibe duas exposições de arte

Em comemoração aos 60 anos, MAM exibe duas exposições de arte

Para iniciar as comemorações dos 60 anos do Museu de Arte Moderna da Bahia, o local irá receber duas exposições que estarão abertas ao público na terça-feira (15), às 19h. 

 

Com cerca de 70 obras, o artista baiano Aurelino dos Santos realizará a exposição “Aurelino dos Santos – A Letra é que faz o mundo” que ocupará as paredes do Casarão do MAM, local em que a Escada de Lina Bo Bardi, incentivadora de Aurelino, está em exposição permanente. Aurelino produz em suas obras uma pintura grafada por uma profusão de signos, justapostos numa paleta cromática, de tons rebaixados. O funcionamento do Casarão do Museu é de terça-feira a sábado, das 13h às 18h.

 

A outra Mostra que fará parte da celebração do MAM é a “VÉRTICE”, que reúne o trabalho de 19 artistas visuais na capela do Museu. O nome da exposição faz referência à verticalidade das paredes da capela do MAM, cumprindo a função de fomentar e difundir as artes visuais da Bahia. O funcionamento da Capela do Museu é de terça-feira a sábado, das 13h às 18h.

 

Participam dessa coletiva os artistas visuais: Almandrade; Bel Borba; Caetano Dias; Edson da Luz; Emanoel Araújo; Florival Oliveira; Guache Marques; Ieda Oliveira; J. Cunha; Juarez Paraiso; Juraci Dórea; Márcia Magno; Maxim Malhado; Nadia Taquary; Paulo Pereira; Sérgio Rabinovitz; Vauluizo Bezerra; Zivé Giudice e Walter Lima.


Foto: Reprodução/ Tatiana Azeviche/Setur. Siga o insta @sitealoalobahia