Entrevistas


13 Abr 2018

Influenciadora digital vem ganhando destaque em Salvador. Quem é? Vem ver!

Influenciadora digital vem ganhando destaque em Salvador. Quem é? Vem ver! Com mais de oito mil seguidores apenas no Instagram, onde compartilha dicas e o seu cotidiano, Lia Mônica é a entrevistada desta semana do Alô Alô Bahia. Abaixo, ela fala sobre inspirações e mercado digital em Salvador, além de diversos outros assuntos. Confere!

Alô Alô Bahia - Lia, quando e como você percebeu que era uma influenciadora digital?

Lia Mônica - Tudo começou quando eu era criança e o meu fascínio por moda ocorreu de forma bem natural! No passar dos anos notei que as minhas dicas sobre o mundo da moda eram bastante valorizadas pelas minhas amigas que, muitas vezes, não sabiam o que vestir ou o que comprar. Sempre gostei de investir na minha aparência e no estilo de vida saudável.

No início, a minha família tinha muito receio da minha exposição como influenciadora digital, mas acabaram se convencendo que eu tinha um diferencial que não poderia ser desperdiçado. Passei a ouvir de amigas e conhecidas que eu deveria fazer algo para que mais pessoas pudessem conhecer as minhas dicas e conceitos relacionados à beleza. Durante a minha licença maternidade me surgiu uma ideia de ser uma digital influencer sobre moda e, consequentemente, com foco no bem-estar das mulheres.

Alô Alô Bahia - Quais foram os primeiros passos que você tomou para formalizar a nova profissão?

LM - Quando percebi que pretendia me profissionalizar, procurei criteriosamente uma assessoria especializada para cuidar da minha imagem como influenciadora digital, para que fosse realizado de forma prudente e responsável. Deste modo, o primeiro passo que tomei para formalizar a nova profissão foi focar em determinadas questões e conceitos pertinentes ao mundo da moda e qualidade de vida no intuito de potencializar a beleza feminina, no Brasil ou no exterior, independente do horário e das circunstâncias – faça chuva, faça sol. Como dizia Coco Chanel: “... é melhor estar tão bonita quanto for possível para o destino.”.

Alô Alô Bahia -   Como é o seu dia-a-dia? Compartilhe com o Alô Alô Bahia sua rotina.

LM - A minha rotina é bem agitada! No mundo de hoje ser casada e com três filhos requer muita paciência, flexibilidade e dedicação! Nada melhor que começar o dia com um café da manhã saudável e delicioso. Ser mulher e uma servidora publica federal é um desafio e tanto! Além de fazer exercícios físicos diariamente, cuidar da casa e da família, eu sempre encontro tempo para ficar “antenada” nas tendências da moda.

Alô Alô Bahia - Quais são suas maiores inspirações? Qual o principal objetivo do seu trabalho?

LM - Inspiro-me em algumas influenciadoras digitais nacionais e internacionais, entretanto procuro instintivamente criar um estilo próprio – fundado no meu conhecimento - porque nunca tive receio de inovar de forma prática com elegância, sensualidade e bom gosto. O meu principal objetivo é conquistar de forma exponencial seguidores que curtam meu estilo de vida e inspirá-los através da moda no seu bem-estar.

Alô Alô Bahia - Como você avalia o mercado digital em Salvador?

LM - Atualmente, o mercado digital em Salvador vem crescendo expressivamente porque a internet vem possibilitando as pessoas cada vez mais despertarem interesses em assuntos diversificados. Portanto, o mercado digital está se tornando a principal mídia de disseminação das informações, embora a qualidade do conteúdo seja um fator determinante para o sucesso. Tudo acontece muito rápido no mundo e em Salvador, não é diferente!

Alô Alô Bahia - Quais as principais dificuldades que você vem encontrando?

LM - Costumo encarar dificuldades como desafios, jamais como obstáculos! Diante de um mercado muito competitivo, muitas pessoas desconhecem o que um digital influencer faz e por vezes não dão o valor devido. No entanto, acredito que isso seja uma questão de tempo e que essa ocupação será uma das principais profissões do futuro.

Alô Alô Bahia - Como faz pra administrar o tempo com as suas outras funções de mãe e profissional? Fale um pouco sobre a sua família e sua outra profissão, e como eles lidam com o ofício de influenciador digital.

LM - Minha família sempre acreditou que para ser uma profissional respeitada eu teria que estudar alguma profissão tradicional. Sou bacharela em direito e para conseguir me tornar uma servidora pública federal tive que estudar muito sem perder o foco. No entanto, sempre me faltava algo para me completar profissional e pessoalmente. Foi aí que consegui conciliar a área jurídica com a de digital influencer, uma complementa a outra. Para administrar todas minhas atribuições, conto com ajuda de bons profissionais e, o mais importante, do apoio incondicional do meu marido.

Alô Alô Bahia - O que faz no tempo livre? Conte-nos sobre seus hobbies favoritos.

LM - No meu tempo livre o que eu mais amo fazer é ficar em casa com a minha família, assistir séries, filmes e viajar.

Alô Alô Bahia - Qual influenciadora digital te inspira?

LM - Nacional: Thassia Naves; internacional: Olivia Palermo.

Alô Alô Bahia - Que tipos de empresas te procuram? Como é a triagem dos serviços/produtos que anuncia?

LM - Os tipos de empresas que me procuram são bastante variados. Vai desde lava-jato de veículos às lojas de roupas. Minha assessoria leva em consideração alguns requisitos na triagem de serviços/produtos que anuncio para não enfraquecer, e sim manter e melhorar a qualidade da minha imagem como digital influencer - qual proponho através dos conceitos e conhecimento que tenho sobre moda.

Alô Alô Bahia - Como você se imagina daqui a 10 anos? Onde quer estar?

LM - Quero estar com a minha família, fazendo exatamente o que faço hoje e, de preferência, com mais visibilidade e influenciando um maior número de pessoas.

Alô Alô Bahia - Que dica você daria para quem que trabalhar com mídias digitais?

LM - Primeiramente, essa ocupação não deve ser enxergada como um mero hobby. Para ser uma digital influencer é necessário ter muita dedicação, não se preocupar com o retorno financeiro - porque não é imediato, e ter muita desenvoltura. Dificilmente uma pessoa tímida se enquadrara nesse perfil.

BATE BOLA:

                      Um esporte: academia
                      Uma grife: Chanel e Balmain
                      Uma cor: Branco
                      Um(a) artista: Eddie Redmayane
                      Um livro: Cem anos de solidão, de Gabriel Garcia Márquez
                      Uma peça coringa: terceira peça
                      Uma bebida: vinho tinto
                      Uma viagem inesquecível: Todas que fiz com a minha família
                      Um estilo de decoração: clássico
                      O que não falta na sua bolsa? Celular não conta porque já fica na mão. Então, óculos e lip balm.

Foto: William Medeiros. Siga o insta @sitealoalobahia.